Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

IPMQ

Testes da orelhinha e da linguinha são realizados em todas as crianças de Quissamã

A Prefeitura de Quissamã tem como premissa trabalhar a prevenção de doenças e essa ação começa pelos recém-nascidos. Após o nascimento, são realizados vários exames e testes, a fim de proporcionar saúde e bem-estar à criança. Além do conhecido teste do pezinho, outros dois exames são fundamentais: da orelhinha e da linguinha, que permitem detectar precocemente alterações congênitas. Para a marcação das avaliações, os pais devem comparecer munidos de documentos pessoais e da certidão de nascimento do bebê, no Centro de Especialidades as terças e quintas-feiras.
A coordenadora dos programas de Triagem Neonatal e de Saúde da Criança e Adolescente, Flávia Batista, explica que o ideal é que ambos os testes sejam realizados nos primeiros dias de vida. No entanto, nada impede que um bebê maior seja encaminhado, a qualquer momento, para a realização dos exames. De janeiro a abril de 2021, em Quissamã, foram realizados 37 testes da orelhinha e 63 testes da linguinha.
Lorena Barcelos, mãe do bebê Thierry Azeredo, aproveitou o mesmo dia para realizar os dois testes e falou sobre a importância de ambos. “Eu conversava com o meu filho desde a barriga e ter a certeza que após o quinto mês, ele me ouvia, já que o teste deu normal, me deixa muito feliz. Canto músicas para ele hoje, que parece já conhecer, pois cantarolava ainda grávida”, declarou Lorena.
Teste da linguinha – O teste da linguinha avalia se o frênulo lingual está interferindo nos movimentos da língua. Isso pode prejudicar a amamentação e, depois, impactar negativamente o desenvolvimento da fala e o processo de introdução alimentar. Com esse exame é possível diagnosticar precocemente o problema, como a língua presa, e assim encaminhar para o tratamento.
– Inicialmente, o recém-nato pode ter dificuldade para conseguir sugar e não ser amamentado devidamente. Nesse caso, o acompanhamento é de suma importância para que o desenvolvimento do bebê ocorra da melhor maneira possível. Futuramente, a língua será responsável pela mastigação e pela fala, precisando ficar livre para conseguir executar esses movimentos – afirmou Mariana Ribeiro, fonoaudióloga do Centro de Saúde.
Teste da orelhinha – É um exame rápido e indolor, feito enquanto o bebê dorme, já que o aparelho utilizado no procedimento é muito sensível e qualquer movimento ou ruídos podem interferir no resultado do exame.
“O teste da orelhinha é um exame com emissão otoacústica evocada. É um método mais moderno para constatar problemas auditivos no recém-nascido. Consiste na reprodução de um estímulo sonoro e na captação do seu retorno, através de uma delicada sonda introduzida na orelhinha do bebê”, explica Flávia Batista.

Galeria de Fotos