Rua Conde de Araruama, 425 – Centro Quissamã – RJ – Cep: 28.735-000

Tempo Agora

Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

Ouvidoria e E-sic

Secretaria de Saúde intensifica ações voltadas ao Outubro Rosa

Na manhã desta sexta-feira (15), o Centro de Saúde Benedito Pinto das Chagas, recebeu mais uma atividade educativa, na programação estabelecida para o Outubro Rosa, mês destinado à campanha de conscientização a respeito dos riscos e possibilidades de prevenção do câncer de mama, um dos mais comuns para as mulheres. Segundo o Inca – Instituto Nacional do Câncer, essa é a primeira causa de morte por câncer na população feminina, em todas as regiões do Brasil, exceto na região Norte, onde o câncer do colo do útero ocupa o primeiro lugar.
A Secretaria de Saúde de Quissamã, em parceria com as Unidades de Saúde da Família, vêm intensificando a campanha ano a ano, visto os riscos que a doença apresenta para mulheres, especialmente aquelas a partir dos 50 anos. Em 2019, a taxa de mortalidade por câncer de mama, ajustada pela população mundial, foi de 14,23 óbitos para cada grupo de 100.000 mulheres. No Brasil, as maiores taxas estão nas regiões Sudeste e Sul, com 16,14 e 15,08 óbitos/100.000 mulheres, respectivamente, de acordo com dados do Inca, de 2021. No Estado do Rio de Janeiro, a taxa estimada é de 20,67 casos, para cada 100 mil mulheres.
Durante a palestra, a enfermeira Alessandra Campos Costa, da USF do Centro, falou sobre o autocuidado e autoconhecimento feminino, oportunidade em que foram abordados temas como rastreamento do câncer de mama, alimentação saudável, atividade física e a necessidade de manter em dia as consultas e os exames.
– Outubro é conhecido mundialmente como o mês dedicado especialmente à campanha de prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama. Quissamã abraça a causa e se colore de rosa para intensificar a luta. Durante o mês, várias atividades são oferecidas e acontecem em diversos pontos da cidade, como nas USFs, disse Alessandra.
De acordo com os especialistas, a mamografia representa a melhor estratégia para diagnosticar o câncer de mama, em estágio inicial. Embora o Ministério da Saúde oriente para a realização do procedimento apenas a partir dos 50 anos, Quissamã oferece o exame a partir dos 40, conforme orientação da Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM). O autoexame também é efetivo para encontrar os primeiros indícios de tumores.
– Exame clínico das mamas e mamografias, adotar hábitos saudáveis, manter o peso corporal, praticar atividade física, não consumir bebidas alcoólicas e amamentar, ajudam a reduzir o risco de ter a doença”, finalizou Alessandra.

Galeria de Fotos