Rua Conde de Araruama, 425 – Centro Quissamã – RJ – Cep: 28.735-000

Tempo Agora

Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

Ouvidoria e E-sic

Saúde se mobiliza para o Dia D de Combate ao Aedes aegypti

A equipe da Vigilância Ambiental de Quissamã, que realiza trabalho permanente de combate à dengue e conscientização da população quanto aos perigos da doença, está se mobilizando para o Dia D de Combate ao mosquito Aedes aegypti. O evento terá concentração no coreto da Praça Brigadeiro José Caetano, na área central, no próximo sábado (18), a partir das 9h, e contará com a presença de equipe multidisciplinar da Saúde, composta por guardas de endemias, técnicos de enfermagem, enfermeiros, técnicos em vigilância sanitária, agentes de saneamento e profissionais da IEC (Informação e Comunicação em Saúde).
“Essa ação é uma campanha do Estado, que lançou uma nova estratégia com foco voltado para crianças e jovens. Criado pela equipe da secretaria estadual de Saúde, o personagem Dezinho é um menino como qualquer outro, mas que ao soar o alarme do seu relógio se transforma em um super-herói que tira dez minutos por semana para uma vistoria completa em casa. O objetivo é fazer com que as crianças sejam as grandes protagonistas da conscientização das famílias”, explicou o diretor da Vigilância Ambiental, Leonardo Barcelos Chagas.
Segundo ele, serão realizadas panfletagem no Centro e adjacências, com orientação à população e colocação de cartazes nos comércios. Na campanha, Dezinho usa o slogan 10 dicas para lembrar, 10 minutos para salvar e essas são suas dicas:
1 – Caixas dáguas, tonéis, galões, poços e barris bem vedados;
2 – Calhas limpas;
3 – Pneus sem água e em lugares cobertos;
4 – Ralos limpos e com telas;
5 – Bandejas de geladeira e de ar-condicionado limpas e sem água;
6 – Pratos de vasos de plantas com areia até a borda;
7 – Vasos sanitários, sem uso constante, fechados;
8 – Baldes e garrafas virados com a boca para baixo;
9 – Lixo e materiais descartáveis dentro de saco plástico bem vedados;
10 – Piscinas e fontes sempre tratadas.
Trabalho – Na segunda-feira (13), a equipe da Vigilância esteve na Unidade de Saúde de Família de Santa Catarina desenvolvendo, na sala de espera, conscientização sobre a importância de se combater o mosquito que transmite dengue, zica e chikungunya. O mesmo trabalho foi desenvolvido com o grupo de idosos atendidos na localidade. Na parte da tarde, a equipe se juntou aos agentes comunitários de saúde e à enfermeira da unidade para as visitas domiciliares, levando informação e verificando a existência de focos de possíveis criadouros.
Nesta quarta-feira (15), será a vez da USF de Alto Grande receber a visita da Vigilância, que fará trabalho de conscientização da equipe da unidade sobre a importância de levar as informações às famílias visitadas e também da verificação de possíveis criadouros.

Galeria de Fotos