Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

IPMQ

Saúde realiza atividades no mês de luta contra hepatites virais

A secretaria de Saúde de Quissamã está desenvolvendo várias atividades durante o “Julho Amarelo”, mês dedicado à conscientização pela luta contra as hepatites. As ações foram desenvolvidas ao longo do mês nos espaços públicos do município e envolvem testagem rápida, palestras, rodas de conversa e treinamento. Nesta quinta-feira (26), um trabalho de orientação foi realizado no hall de entrada da Prefeitura.
De acordo com a coordenadora do Programa de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST) e Hepatites Virais, enfermeira Rosemeri Braga, todas as iniciativas têm a proposta de esclarecer e informar os tipos de hepatites existentes, suas formas de prevenção, buca de diagnóstico e tratamento, em caso de confirmação da doença.
Um dos pontos destacados nestas ações é que existem vários tipos da doença, que atinge o fígado e é causada por vírus, uso de alguns remédios, álcool e outras drogas. Que é possível ser portador e não saber, já que a doença demora a se manifestar e, geralmente, não apresenta sintomas. E quando esses aparecem, podem provocar cansaço, tontura ou ânsia de vômito. Muitas vezes, a pele e os olhos ficam amarelados, a urina escura e as fezes mais claras.
As hepatites B e C são transmitidas pelo sangue, sendo que a B é uma doença sexualmente transmissível e 100 vezes mais fácil de se pegar do que o vírus HIV. Já a hepatite A é transmitida através do consumo de alimentos, água ou gelo contaminados e sem cuidados adequados de higiene. Os tipos B e C têm tratamento e quanto mais cedo forem diagnosticados, maior a chance de cura. Muitas pessoas são portadoras do vírus das hepatites e não sabem e, nos casos mais graves, podem evoluir para cirrose e câncer de fígado.
Para se proteger é preciso estar atento às medidas preventivas como fazer a vacinação nas três doses, exigir materiais esterilizados ou descartáveis em estúdios de tatuagens e piercings, salões de beleza e em serviços de saúde; como não compartilhar agulhas, seringas e equipamentos para drogas inaladas e fumadas; usar camisinha sempre; não compartilhar lâmina de barbear ou depilar e escova de dentes.
As Unidades de Saúde da Família oferecem teste diagnóstico e vacinas para as hepatites A e B como rotina. Nesta sexta-feira (27) e na segunda (30), haverá aconselhamento e testagem rápida para as hepatites B e C, de 9h às 17h, no Centro de Saúde.

Galeria de Fotos