Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

IPMQ

Saúde promove palestra sobre aleitamento materno

O médico e escritor Luis Alberto Mussa Tavares ministrou palestra sobre a Semana Mundial de Aleitamento Materno, em dois períodos, na quinta-feira (2), no auditório da Prefeitura de Quissamã, em iniciativa da secretaria de Saúde. O encontro da manhã foi direcionado a gestantes e puérperas e, à tarde, reuniu profissionais da Saúde. A Semana, iniciada na quarta-feira (1º), vai até a próxima terça-feira (7).
Na abordagem com as usuárias da rede, Luis Alberto levou conceitos sobre o aleitamento materno da nutriz, ou seja, da mãe que vai amamentar. Ela aprende como funciona e a quem recorrer quando algo dá errado. “Com elas, a conversa é emotiva, informal e amigável. Já o profissional vai pegar estes mesmo conceitos e ainda conhecer manejos e formas de tratamento de uma maneira muito mais ampla. E ele aprende como funciona e como agir quando alguma coisa falha. Ou seja, o nível de conhecimento do profissional inclui as dificuldade de cada usuária específica e por isso a abordagem é também emotiva, mas mais técnica, permitindo que sejam realizadas intervenções quando buscam ajuda nas unidades de saúde”, explicou.
O médico falou não só da importância do aleitamento, mas também sobre o modo como o leite nasce dentro da mama, como desce até a boca do bebê, como o bebê suga, que condições favorecem e quais atrapalham a descida deste leite, como interferir positivamente nessa descida, como corrigir adequadamente uma postura da mãe ou do bebê e passou uma noção geral da maternidade.
“O propósito da Semana é promover o estudo continuado desse ato que é milenar e que acompanha a humanidade desde o início, não mudou e se repete em todas as espécies. O profissional que lida com isso tem de se encantar, se envolver e ajudar essa mãe que busca orientação. Porque a amamentação é a forma mais singela e primária na relação mãe e filho. Então cada profissional que se habilita a esse tipo de cuidado tem de estar preparado e a melhor forma de fazer isso é trazendo informação filtrada, com o que existe de consensual dentro da Organização Mundial de Saúde (OMS)”, explicou o médico.
Também autor de livros, sendo quatro da área médica e outros tantos de poesia, Luis Alberto fez sorteio entre os participantes do seu livro ‘Poesia da Prematuridade’. Já o ‘Amamentação: bases científicas’, está em terceira edição e tem como foco esse processo inato e essencial. A obra de abordagem transdisciplinar, engloba manejo clínico, políticas públicas, considerações fono odontológicas e visão da fisioterapia e da bioquímica. Aborda também assuntos como prematuridade, metodologia Mãe Canguru, redes sociais de apoio e Banco de Leite Humano, sem se descuidar de pontos básicos como a anatomia, a fisiologia e a psicologia da ciência do amamentar.

Galeria de Fotos