Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

IPMQ

Saúde oferece visita guiada à maternidade para gestantes

A secretaria de Saúde de Quissamã, através das equipes da Estratégia de Saúde da Família e da maternidade do Hospital Municipal Mariana Maria de Jesus – HMMMJ, vem desenvolvendo um projeto com visitação das gestantes à maternidade, sendo elas do município ou também das cidades de Carapebus e Conceição de Macabu, que tem a maternidade local como referência. Na visita dessa quarta-feira (29) estiveram presentes as de Barra do Furado, Mathias e Morro Alto.
A proposta é que as mulheres grávidas recebam informações e esclarecimentos que possam diminuir a ansiedade e expectativas, ao menos no que diz respeito ao local e todos os passos necessários até o parto e o comportamento após ele. E também conhecer os locais por onde vão passar, como os quartos – que hoje possuem ar-condicionado e cortinas entre as camas, que proporcionam mais privacidade, e a sala de parto onde, inclusive, são demonstrados exercícios.
“Esse trabalho é desenvolvido para que as gestantes se sintam seguras, sabendo onde vão ganhar seus bebês e como isso pode acontecer. E a gente aproveita esse momento para tirar as dúvidas que elas tenham, o que vai ajudá-las e também à nossa equipe, já que terão conhecimento de como é um parto normal e das possibilidades que levam o médico a optar por uma cesariana”, esclareceu a enfermeira coordenadora da maternidade, Alessandra Ribeiro Pinto das Chagas.
A enfermeira explicou ainda sobre a definição de fazer ou não uma cesária, já que o médico ficará atento durante todo o pré parto, verificando se o bebê ou mãe está em sofrimento: se é um parto de alto risco e a mãe não tem condição de enfrentar um parto normal; se é hipertensa ou portadora de alguma outra limitação. Ou seja, tudo vai depender de como vai evoluir na maternidade.
Outras questões são abordadas, como sobre cuidar do bebê; como amamentar; o que levar de roupa para o bebê e também para mãe; sobre a escolha do acompanhante que ficará no quarto – porque o hospital de Quissamã permite a presença do pai durante toda a internação – e o comportamento do mesmo dentro do hospital; o fato de o acompanhante e visita não poderem se deitar na cama da paciente e da não colocação de bolsas e outros objetos no berço do bebê.
Milena Viana, enfermeira responsável pela Unidade de Saúde da Família (USF) do Mathias, informou que a visita é programada e acontece a cada dois meses para todas as gestantes do município, que são convidadas pelas enfermeiras de cada USF. Ao final do roteiro, as futuras mães participam de um lanche, onde continuam tirar suas dúvidas

Galeria de Fotos