Rua Conde de Araruama, 425 – Centro Quissamã – RJ – Cep: 28.735-000

Tempo Agora

Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

Ouvidoria e E-sic

Sábado (27) será dia de multivacinação em Quissamã

No próximo sábado (27), Quissamã realizará o “Dia D” da Multivacinação com objetivo de atualizar a caderneta de vacinação das crianças e adolescentes menores de 15 anos, no Ginásio Poliesportivo Walth Mille Pessanha, das 8h às 13h. A ação é uma parceria da secretaria de Saúde com as secretarias de Educação, que providenciará o transporte, de Esporte e Juventude, responsável pela recreação e da Assistência Social, que fornecerá oficinas. A meta é atingir os 95% do público.
A campanha foi prorrogada até o dia 30 de novembro, em Quissamã, mas o evento, por ser durante o final de semana, visa atingir mais pessoas, já que a maioria dos pais não trabalha no sábado. Os atrativos de lazer também serão um chamativo. No total, são 18 tipos de imunizantes disponíveis. A ação acontece com o intuito alertar sobre o cumprimento do Calendário Nacional de Vacinação da Criança e do Adolescente.
A vacinação em massa ocorre para que as coberturas vacinais possam ser aumentadas e, com isso, reduzir a incidência, manter o controle, eliminar ou erradicar doenças imunopreveníveis, ao público com até 14 anos, 11 meses e 29 dias. Atualizar a carteira de imunização de jovens que deixaram de tomar uma ou mais vacinas é fundamental.
As crianças de zero mês até quatro anos incompletos, serão imunizadas do com BCG, além das vacinas hepatite A e B, pneumocócica10-v VIP, pentavalente, rotavírus, meningocócica C, febre amarela, tríplice viral, VOP, DTP e varicela. Dos cinco anos de idade, até os 14, serão aplicadas as seguintes vacinas contra HPV, hepatite B, dupla adulto (dT), difteria, tétano e coqueluche (dTpa), tríplice viral, meningocócica ACWY conjugada e febre amarela.
Segundo o secretário de Saúde, Nílton Pinto, pais e responsáveis têm a função de manter a vacinação das crianças e adolescentes em dia. – O Sistema Único de Saúde (SUS) oferta imunizantes contra todas essas enfermidades e a missão dos pais é proporcionar segurança aos seus filhos. Todos precisam pensar em ampliar e manter a cobertura vacinal, por isso, não deixe de atualizar a caderneta dos menores de 15 anos, alertou Nílton.
O Esporte disponibilizará a parte recreativa como grande atrativo. A secretaria montará brinquedos infláveis, cama elástica e jogos de mesa com o acompanhamento dos monitores. Já a Educação, se responsabilizará pela logística de transporte para levar as crianças e adolescentes de comunidades da zona rural e bairros mais afastados. Finalizando, a Assistência Social divulgará os programas de inclusão voltados ao público jovem, além de oficinas de bijuterias, e brincadeiras para crianças de zero a três anos.
É imprescindível que os responsáveis levem a caderneta de vacinação para a conferência das doses aplicadas. Se alguma vacina estiver faltando, será aplicada na hora e atualizada a situação vacinal no documento tanto das crianças, quanto dos adolescentes. É importante manter a vacinação em dia, para que doenças consideradas como já erradicadas, como a poliomielite, sarampo e febre amarela, não se tornem um risco para crianças e adolescentes.

Galeria de Fotos