Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

IPMQ

Resultado da agricultura familiar em Quissamã, vice-prefeito entrega feijão em escola municipal

O vice-prefeito e Secretário de Agricultura, Meio Ambiente e Pesca, Marcelo Batista, realizou a entrega de 300kg de feijão para o CIEP Municipalizado 465 nesta quinta-feira (25). A colheita e direcionamento do produto para a merenda escolar faz parte de um trabalho da Secretaria em conjunto da patrulha mecanizada, com mais de 70 produtores rurais. O feijão é um dos diversos itens cultivados de uma produção em que o destino final é a alimentação de mais de 4,5 mil alunos matriculados na rede pública municipal.

Em Quissamã, a merenda escolar de qualidade é uma das ações garantidas pela Prefeitura, com a valorização da agricultura familiar. “É de um grande valor os produtores rurais de Quissamã contribuírem de forma direta na alimentação dos nossos alunos da rede. Hoje tivemos o prazer de fazer a entrega de 300kg de feijão produzido no Horto Municipal ao Ciep, resultado de um grande trabalho através da parceria com produtores. Além do incentivo que proporcionamos aos produtores rurais, também temos desenvolvido projetos que assim que obtemos resultados positivos fazemos essa entrega para a merenda escolar”, destacou Marcelo.

A possibilidade de produção em escala para atender a agricultura familiar garante a venda direta do produto ao consumidor ou direcionamento para a merenda escolar, por meio do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). Em 2017 Quissamã foi reconhecida e premiada pelo órgão federal como município que compra mais de 30% da agricultura familiar.

A Secretária de Educação, Helena Lima, ressaltou a importância do produto da agricultura familiar na merenda escolar. “Para garantir uma educação de qualidade, integramos diversas ações. Infraestrutura, professores preparados, presença dos pais. Entre elas também está uma alimentação de qualidade, pensada pela nutricionista e preparada de acordo com as necessidades dos alunos”, disse.

“O principal é a parceria com a agricultura familiar e o alimento sem agrotóxico. O feijão é resultado da produção feita no Horto, que funciona como uma unidade de demonstração. Não leva nada de agrotóxico e adubação, é puro da terra e produzido no Horto Municipal”, comentou o técnico em agropecuária da Secretaria de Agricultura, Meio Ambiente e Pesca, Cosme Chagas.

Galeria de Fotos