Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

IPMQ

Rede Municipal de Ensino de Quissamã retorna às aulas presenciais no sistema híbrido

Foi um reencontro que em muitos momentos deixou visível a emoção de pais, alunos professores, diretores, profissionais de apoio e até da equipe da Secretaria de Municipal de Educação. Mesmo que “estando juntos” por meio de dispositivos digitais, o retorno às aulas presenciais, após dois anos e seis meses, teve aquela pitada de novidade. Um “novo normal”, para quem já estava se acostumando a ver colegas, professores e alunos, pela telinha do computador ou dos tablets.
Esta segunda-feira, dia 4 de outubro, marcou o retorno dos alunos do ensino fundamental e do programa de Educação de Jovens e Adultos (EJA), da Rede Municipal de Ensino de Quissamã, às aulas presenciais. Com o aumento da cobertura vacinal contra o Coronavírus e a redução contínua no número de casos, as atividades vão sendo liberadas gradativamente, mesmo que pontuadas por uma rotina já habitual, que ainda exige, dentre outras medidas, o conhecido distanciamento social, a fim de evitar aglomerações.
Para que o município de Quissamã definisse pelo retorno às aulas presenciais, a opção foi adotar o sistema híbrido, com o revezamento de alunos no ambiente escolar, como alternativa para proporcionar o funcionamento da escolas com número reduzido de alunos por turma. Enquanto neste primeiro momento, voltaram às salas de aula os alunos do Fundamental e da EJA, a Educação Infantil e o Maternal 1 e 2, tem a retomada agendada para o dia 18 outubro.
Neste primeiro momento, cabe aos pais ou responsáveis a decisão quanto à permanência dos alunos no modelo de ensino remoto (atividades online), ou pelo retorno presencial, no modelo híbrido. Para controle, eles devem comunicar à unidade escolar na qual o aluno está matriculado, sobre qual sistema adotarão.
Na Escola Municipal Tânia Regina, no bairro Alto Alegre, Mariane Meireles, mãe do menino Matheus Meireles, do 5 º ano, aprovou as medidas de segurança estabelecidas pela Secretaria Municipal de Educação: “todas as medidas de segurança foram adotadas pela escola, isso foi preponderante para a decisão do retorno do Matheus à sala de aula”, avaliou Mariane.
A secretária de Educação, Helena Lima, revela que os cuidados com a higiene e a segurança são abrangentes: “desde o transporte escolar, passando pela entrada dos alunos nas unidades, refeição, disposição das carteiras e mesas nas salas, todas as medidas que compõem o protocolo estão sendo aplicadas”, enfatizou.
O retorno às aulas presenciais vem sendo planejado há bastante tempo, com análise dos protocolos de segurança e avaliação quanto ao melhor momento. A Secretaria de Educação se preocupou também em preparar os próprios servidores para esse momento de reencontro. Ao longo da última semana de setembro, professores e servidores das secretarias escolares da rede municipal participaram de uma série de encontros, nos quais foram transmitidas instruções e orientações com o objetivo de subsidiar as atividades técnico-administrativas, com a finalidade de otimizar o atendimento à comunidade escolar.

Galeria de Fotos