Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

IPMQ

Quissamã vacina idosos com 70 anos e mais a partir da próxima semana

A Prefeitura de Quissamã, através da Secretaria de Saúde, vai começar a vacinar os idosos de 70 anos e mais contra a Covid-19, na próxima semana. A nova fase será iniciada na segunda-feira (22) por duas unidades da Estratégia da Saúde da Família (ESF): Machadinha, a partir das 9h, e Santa Catarina, às 13h30. Na última quinta-feira (18), o município recebeu mais um lote de vacinas do Governo do Estado do Rio. No total, foram entregues 590 doses da Coronavc – sendo 320 para a primeira dose e 270 para a segunda.
Na terça-feira (23), a equipe de vacinação estará na ESF Barra do Furado, às 9h; Na quarta-feira (24), mais duas unidades: 9h na ESF Caxias e 14h na ESF Morro Alto e Conde; Na quinta-feira (25), às 9h na ESF Alto Grande. Para evitar aglomerações em um período de pandemia da Covid-19, a Secretaria de Saúde tem utilizado os dados dos idosos cadastrados nas unidades. Com isso, os agentes comunitários de saúde ligam para os idosos e agendam um horário, não sendo necessário ir à unidade antes de ser avisado pelo agente.
– Estamos recebendo um lote de vacinas semanalmente do Governo do Estado, por isso temos que fazer uma análise para montar o planejamento da campanha. Avançamos na faixa etária de 75 e mais e, agora, vamos vacinar os idosos com 70 anos e mais – disse Natália Vilaça, enfermeira do setor de vacinação de Quissamã.

Campanha em Quissamã

O planejamento da vacinação em Quissamã tem seguido as orientações do Plano Nacional de Imunizações. Na aplicação da segunda dose, no caso da Coronavc, produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a Sinovac, o reforço é realizado entre 14 e 28 dias após a primeira dose. Já a Oxford/AstraZeneca tem uma janela de 90 dias entre as doses.
Na última semana, a prefeita de Quissamã, Fátima Pacheco, assinou adesão ao consórcio da Frente Nacional dos Prefeitos (FNP) para a aquisição de vacinas contra a Covid-19. Desde dezembro do ano passado, o município tem se planejado para comprar a vacina, quando foi assinado um termo de entendimento com o Butantan para adquirir 36 mil doses da Coronavc. Porém, o Ministério da Saúde ficou responsável por toda a distribuição do imunizante.

Galeria de Fotos