Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

IPMQ

Quissamã realiza III Conferência Municipal de Cultura nesta quarta-feira (24)

A secretaria de Cultura e Lazer, realizará nesta quarta-feira (24), das 13h às 18h, no Centro Cultural Sobradinho, a III Conferência Municipal de Cultura de Quissamã, cujo tema é “A importância da participação popular nos processos de gestão de cultura no pós pandemia”, que visa discutir a cultura local nos seus aspectos de identidade, da memória, da produção simbólica, da gestão, proteção e salvaguarda, da participação social e da plena cidadania.
Vale ressaltar que mapear a produção cultural do Município, discutir suas peculiaridades, bem como estabelecer prioridades e metas sobre a produção simbólica e diversidade cultural, também farão parte da temática, além de propor estratégias para o reconhecimento e o fortalecimento da cultura como um dos fatores determinantes do desenvolvimento sustentável.
Já para os fazedores de cultura, a conferência tem como principal objetivo proporcionar o acesso aos meios de produção, dos bens, serviços e espaços culturais, promovendo nos diversos segmentos da cultura local a cidadania e Direitos Culturais. Poderão participar do evento, representantes dos Poderes Públicos, sociedade civil, entidades com domicílio ou atuação em Quissamã,
assim como os convidados que atuam nas políticas culturais do estado fluminense.
O credenciamento começa às 13h. Em seguida, terá a solenidade de abertura, leitura do Regimento interno, posse dos titulares e suplentes eleitos no fórum que foi realizado no dia 17 de novembro para o Conselho Municipal de Cultura. Haverão algumas apresentações culturais, palestras sobre a importância da participação popular nos processos de gestão de cultura no pós pandemia e cultura popular.
Kitiely Freitas, secretária de Cultura e Lazer, sobre a importância da integração entre o poder público e a sociedade civil para o desenvolvimento da cultura local.
– Além da transparência, esta junção entre poder público e sociedade civil representa a democratização e a lisura nos processos culturais do município, visando cada vez mais, a manutenção dos bens materiais e imateriais, concluiu.

Galeria de Fotos