Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

IPMQ

Quissamã: políticas de assistência aos direitos dos idosos

Neste 15 de junho é o Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa. Em Quissamã, o CREAS – Centro de Referência Especializado de Assistência Social – desenvolve importante função nas políticas de assistência de violação de direitos. De acordo com a coordenadora do CREAS, Flávia Lúcia, 40% dos atendimentos da unidade são voltados para idosos vítimas de algum tipo de violência. A data faz parte do Junho Violeta, um mês inteiro voltado para a causa.
A coordenadora ressalta a importância do fortalecimento dos laços familiares e também da denúncia, que deve ser feita através do Disque 100, canal de denúncias do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH). O serviço cadastra e encaminha os casos aos órgãos competentes.
– Cada dia mais vem aumentando os casos de violência contra o idoso. Em Quissamã, os casos que chegam ao CREAS são de negligência, abandono e usurpação financeira. O CREAS não tem função punitiva, claro que determinados casos encaminhamos à Promotoria para apuração, nossa função é trabalhar com a família, com a comunidade para potencializar condições para superar essa violação de direitos – frisou Flávia Lúcia.
O CREAS funciona na Rua Evandro de Lima Souza, s/n, bairro Sítio Quissamã. O atendimento acontece de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. O telefone é (22) 2768-1565.
– Assim como as crianças e pessoas com necessidades especiais, idosos são socialmente vulneráveis. A assistência social, além do papel de assistir essas pessoas através dos inúmeros programas, tem o papel de ressaltar os direitos das crianças, idosos e pessoas com necessidades especiais. Conscientizar para que vivam com dignidade – frisou a secretária de Assistência Social, Tânia Magalhães.

Galeria de Fotos