Rua Conde de Araruama, 425 – Centro Quissamã – RJ – Cep: 28.735-000

Tempo Agora

Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

Ouvidoria e E-sic

Quissamã participa do 1° Fórum dos Consórcios de Saúde do Estado do Rio de Janeiro

A prefeita de Quissamã, Fátima Pacheco, participou da mesa do 1° Fórum dos Consórcios de Saúde do Estado do Rio de Janeiro, realizado pela Frente Parlamentar da Alerj, nesta segunda-feira (27), no Rio. Com a presença de prefeitos, parlamentares e secretários, o evento apresentou as melhores práticas no desenvolvimento de políticas públicas regionalizadas na área da Saúde.
Acompanhada da sub-secretária municipal de Saúde, Sabrine Pereira, Fátima Pacheco, que também é presidente do Consórcio Público Intermunicipal de Desenvolvimento do Norte e Noroeste Fluminense (Cidennf), ressaltou a importância da união dos municípios para tratar de diversos assuntos, como a Saúde.
“É muito gratificante participar de um evento que discute um tema tão importante para os municípios e consórcios. Não apenas debater, mas também buscar alternativas para reforçar as políticas públicas para o setor. Isso é possível através da união dos municípios, por isso os 15 prefeitos do Cidennf mantêm uma relação generosa, dando visibilidade as cidades do Norte e Noroeste Fluminense. Também destaco a parceria com a Alerj, representada neste Fórum pelo deputado Jair Bittencourt, e com o governador Cláudio Castro, o que contribui com as nossas ações”, disse a prefeita Fátima Pacheco.
Fórum com participação dos municípios
O 1° Fórum dos Consórcios de Saúde do Estado do Rio de Janeiro ganhou especial relevância após a aprovação da Lei 9447/21, de autoria dos deputados André Ceciliano e Jair Bittencourt, que autoriza o Executivo a repassar os recursos do Fundo Estadual da Saúde e do Fundo Nacional da Saúde aos consórcios de saúde geridos pelos municípios.
Além do Cidennf e de prefeitos, o fórum contou com a participação de representantes de mais seis consórcios de municípios do Estado do Rio. “O consórcio será uma ferramenta para promover a ampliação dos serviços especializados, oferecidos aos usuários do SUS, de maneira eficiente, com otimização dos recursos, fortalecendo as ações regionais do Estado. São diversos projetos voltados à Saúde Pública, como o projeto voltado ao Abastecimento e gestão de Medicamentos; a possibilidade de criação de um centro especializado em cuidados às doenças raras, e a implantação do Samu 192, que ambos serão trabalhados de forma regionalizada”, destacou Vinícius Viana, secretário executivo do Cidennf.

Galeria de Fotos