Rua Conde de Araruama, 425 – Centro Quissamã – RJ – Cep: 28.735-000

Tempo Agora

Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

Ouvidoria e E-sic

Quissamã participa de reunião virtual do Cidennf

“Apresentação das Ações de Adequação do Consórcio-Cidennf para Adesão ao Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (SISBI-POA)” foi tema da reunião virtual, realizada nesta terça-feira (4), pelo Consórcio Público Intermunicipal de Desenvolvimento do Norte e Noroeste Fluminense (Cidennf) e o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), que contou com a participação da prefeita de Quissamã, Fátima Pacheco.
A reunião abordou a impotância da adesão do SISBI-POA ao Cidennf – sendo primeiro Consórcio Público do Estado do Rio de Janeiro a aderir ao sistema, e que garantirá que as pequenas, médias e grandes agroindústrias localizadas nos sete municípios pertencentes ao Cidennf comercializem os seus produtos de origem animal em todo país.
“É uma satisfação acompanhar essa grande conquista, mesmo diante dessa pandemia, onde o maior desafio é estruturar a economia, a geração de trabalho e renda das pessoas, além de garantir a segurança e a saúde delas. Se tratando da agricultura, seja ela familiar, do pequeno produtor ou do setor de alimento, é muito importante contar com todas essas autoridades que estão integradas neste projeto, abrindo essa porta de grande relevância. E como foi dito na reunião, ações isoladas cada vez mais ficarão inócuas, pois não têm como avançar sem trabalhar em parceria, de forma articulada, ou sem unir as três esferas de governo. Vejo que esse sistema dará oportunidade para que os produtos de Quissamã cheguem a outras cidades, em um momento que o nosso grande desafio é evitar a ampliação do empobrecimento”, frisou Fátima.
“Estamos vivendo um momento muito difícil para todos, mas é preciso enxergar no horizonte um caminho pós-pandemia. O Cidennf vem desempenhando vários programas para que consigamos cumprir a missão de uma das nossas vocações, que é a agricultura. Agradeço o Mapa pela grande oportunidade que irá fortalecer ainda mais a economia da nossa região, através da implantação SISBI-POA no consórcio”, destacou Vinícius Viana, secretário Executivo do Cidennf.
Segundo o presidente da Rede Nacional de Consórcios Públicos, Victor Borges, o órgão tem sido protagonista nos mais diversos eixos, como na agricultura para o seu fortalecimento. “Estamos trabalhando para o fortalecimento nos mais de 220 consórcios do país, que estão alinhados e trabalhando conosco, e essa implantação SISBI-POA no Cidennf é o resultado, sendo mais um passo de conquista que foi dado. A Rede está à disposição e segue trabalhando para fortalecer ainda mais os consórcios e gerar soluções para os prefeitos, gestores e a sociedade que representa a força produtiva do país”, disse.
A superintendente federal de Agricultura (Mapa), Renata Briata, agradeceu a participação e falou do benefício para os consorciados. “Agradeço por acompanhar a oportunidade de crescimento dos municípios consorciados. Vendo toda mobilização do Cidennf para adesão ao SISBI-POA, fico feliz em fazer parte disso, estando na gestão. Vale ressaltar que os municípios alcançarão novos mercados, agregarão valores de produtos, além da geração de trabalho e renda. Parabenizo o Cidennf pela iniciativa”, relatou.
O gerente de Projetos dos Consórcios Públicos (Mapa), Alexander Dornelles, disse estar satisfeito por toda mobilização e estruturação que o Cidennf vem realizando, mesmo diante de toda dificuldade, no entanto, só foi possível por ter disso com organização e planejamento sistemático. “É com os consórcios públicos que conseguimos levar políticas públicas agropecuárias para todo país. Tivemos 55 inscrições de consórcios interessados em trabalhar conosco, mas nesse projeto inovador e piloto, só pudemos trabalhar inicialmente com 12. Com a nossa empolgação e a força de vontade dos consórcios como o Cidennf, ampliamos para 40. É com a alternativa de consórcio público que são colocadas, na prática, grandes alternativas para gerar resultados com eficiência e capacidade de fazer mais com menos recursos”, frisou.
Para o auditor fiscal Federal Agropecuário (Mapa), Luis Eduardo da Silva, o SISBI-POA no Cidennf trará, de forma geral, o desenvolvimento econômico para as regiões Norte e Noroeste Fluminense. “É trabalho de desenvolvimento, sem abrir mão da produção do alimento seguro. A importância desse sistema para o serviço de inspeção é a integração, através da padronização e harmonização desse procedimento em todo país, garantindo a inocuidade dos produtos de produto animal, compartilhando as responsabilidades de saúde pública, entre outros valores”, avaliou.
Participaram da reunião virtual, o secretário de Agricultura do Estado do Rio, Marcelo Queiroz; prefeitos, secretários de Agricultura, veterinários, presidentes e representantes das Câmaras de Vereadores de todos dos municípios consorciados; além de representantes das seguintes entidades: Sebrae, Embrapa, Senar e Sindicato Rural de Campos dos Goytacazes.

Galeria de Fotos