Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

IPMQ

Quissamã inicia vacinação contra a Covid-19 nos idosos por Machadinha

O cenário da comunidade quilombola de Machadinha ganhou mais um capítulo em sua rica história, nesta quinta-feira (4), com o início da vacinação contra a Covid-19 para os idosos acima de 75 anos, em Quissamã. A Prefeitura avançou para o grupo prioritário após receber 60 doses do Governo do Estado na terça-feira (2), mas o cronograma para outras ações será divulgado assim que o município receber novas vacinas do Estado e do Ministério da Saúde – responsável pelo Plano Nacional de Imunizações (PNI).
A vacinação começou pela manhã, embaixo das árvores próximas à antiga senzala, onde até hoje vivem diversas famílias descendentes de escravos. Os escolhidos para se imunizarem primeiro foram duas personalidades do local: Maria da Glória Azevedo, de 88 anos, mais conhecida como Dona Golê, que precisou ser vacinada em casa por causa das suas condições de saúde; e Ereotides de Azevedo, mais conhecido por Senhor Tide, de 97 anos. Com quase um século de vida, o famoso contador de histórias tem mais uma para registrar em suas memórias: o dia que foi vacinado contra a Covid-19.
— Estava muito ansioso para receber essa vacina. Com fé em Deus, fui vacinado e estou muito feliz. Essa doença não é brincadeira, todos devem tomar muito cuidado — disse Sr. Tide, relatando que está com saudade das festas realizadas em Machadinha.
Outros idosos também foram vacinados na unidade da Estratégia de Saúde da Família (ESF) de Machadinha. Entre eles, a aposentada Juventina Silva Terra, de 87 anos. “Estava orando a Deus para que a vacina chegasse. Já tenho uma idade avançada e, por isso, preciso me cuidar. Tomei a primeira dose e, se precisar, tomo a segunda e a terceira. Todos devem fazer isso”, conta Juventina.

Vacinação contra a Covid-19

A Prefeitura de Quissamã vem realizando um trabalho minucioso para a campanha de vacinação contra a Covid-19. As primeiras doses — 360 da CoronaVac — foram aplicadas nos profissionais que estão na linha de frente de combate à doença. No final de janeiro, o município recebeu 270 doses da vacina da Oxford/AstraZeneca, que foram destinadas também aos trabalhadores da Saúde, incluindo a rede privada. Na terça-feira (2), o Governo do Estado entregou as 360 vacinas da CoronaVac para a segunda dose.
— Na próxima semana, vamos iniciar a segunda dose para os profissionais da Saúde que foram imunizados no início da campanha. Hoje, começamos a vacinação com os idosos em Machadinha, onde há uma comunidade quilombola. Quando Quissamã receber mais doses, vamos apresentar um cronograma para as próximas ações – conta Natália Villaça, enfermeira do setor de imunização do município.

Distribuição pelo Ministério da Saúde

Neste primeiro momento, o Governo Federal será responsável pela distribuição de toda a produção da CoronaVac e da Oxford/AstraZeneca. Desde o ano passado, a Prefeitura de Quissamã vem se mobilizando para a realização da vacinação na cidade. Em dezembro foi assinado um termo de entendimento com o Butantan para aquisição de 36 mil doses da vacina, porém o município ainda não recebeu um posicionamento oficial do Instituto após o Ministério da Saúde determinar a exclusividade na distribuição das doses. A aplicação da CoronaVac ocorre em duas doses, sendo a segunda entre 14 e 28 dias após a primeira. Já a Oxford/AstraZeneca tem uma janela de 90 dias entre as doses.

Galeria de Fotos