Rua Conde de Araruama, 425 – Centro Quissamã – RJ – Cep: 28.735-000

Tempo Agora

Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

Ouvidoria e E-sic

Quissamã inicia a Campanha Novembro Diabetes Azul no hall da Prefeitura

Os Programas Saúde do Homem, Hiperdia e IST/Aids e Hepatites Virais, em parceria, realizaram na manhã desta terça-feira (1), no hall da Prefeitura, a abertura da Campanha Novembro Diabetes Azul, que além de ser um mês dedicado à conscientização pelo Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata, celebrado dia 17, também chama atenção para a prevenção da diabetes, já que 14 de novembro, é o Dia Mundial do Diabetes.

O secretário e sub de Saúde, Nílton Pinto e Sabrine Pereira, respectivamente, prestigiaram o evento, que contou com aferição de pressão arterial, teste de glicemia, esclarecimentos de dúvidas, distribuição tanto de panfletos, quanto de preservativos masculinos. Os colaboradores que tiveram alterações na PA ou na glicose, receberam explicações de como proceder em relação à procura do médico de família.

De acordo com o secretário de Saúde, novembro se consolidou como período de conscientização sobre a saúde do homem, por isso, a campanha faz um alerta sobre as doenças que podem ser prevenidas e mobiliza a população masculina para que se atente quanto aos cuidados.“O homem tem certa resistência a procurar as unidades de saúde quando não sente nada ou quando não está doente, diferentemente da mulher, mas já passou da hora desse comportamento mudar”, afirmou.

“O intuito da ação é conscientizar a população masculina para a necessidade do cuidado preventivo, visando o tratamento precoce, independente do tipo de doença”, declarou o coordenador do Programa da Saúde do Homem, Antônio Carlos da Silva. A cor mudou, mas o objetivo continua sendo proteger a vida e este ano, o tema é “Homem, saúde é vida! Cuide-se de Novembro a Novembro”.

Segundo a Sociedade Brasileira de Diabetes – SBD, a doença atinge mais de 400 milhões de pessoas no mundo, causando mais de cinco milhões de mortes anuais. “Acreditamos que informação é a melhor forma de prevenção e conhecer a doença é o primeiro passo para o tratamento”, declarou a Coordenadora do programa Hiperdia, Camille Ramos.

José Borba Pessanha, subsecretário de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, fez questão de checar a pressão e a glicose. “Não podemos ser relapsos e prevenir sempre será melhor que remediar. Essas ações são muito importantes, pois os homens costumam ser mais descuidados. Precisamos estar atentos a nossa saúde”.

Galeria de Fotos