Rua Conde de Araruama, 425 – Centro Quissamã – RJ – Cep: 28.735-000

Tempo Agora

Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

Ouvidoria e E-sic

Quissamã fica em sexto lugar no Estado do Rio no Índice de Desenvolvimento Sustentável das Cidades

Quissamã é o sexto melhor município do Estado do Rio no Índice de Desenvolvimento Sustentável das Cidades – Brasil (IDSC-Br). O ranking, divulgado na última sexta-feira (8), mede o desempenho das cidades brasileiras nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), formulados pela Organização das Nações Unidas (ONU). No quadro geral do país, Quissamã ficou na 617ª colocação entre 5.570 municípios. Nesta quarta-feira (13), a prefeita Fátima Pacheco e o vice-prefeito Marcelo Batista realizaram uma reunião com os servidores para anunciar as informações da pesquisa.
De acordo com o ranking, Quissamã ficou com a pontuação de 55,3 (de 100 possíveis), sendo a melhor cidade das regiões Norte e Noroeste Fluminense. O município se destacou, principalmente, nos itens “Saúde de qualidade”, “Educação de qualidade”, “Energia limpa e acessível” e “Água potável e saneamento”. No portal idsc.cidadessustentaveis.org.br, é possível fazer a comparação entre cidades, estados, regiões, e até mesmo biomas diferentes, quanto ao nível de desenvolvimento sustentável.
“Esse tipo de trabalho é importante para analisar os resultados dos nossos investimentos no município. Os números mostram que as ações realizadas na Educação e na Saúde, por exemplo, estão surtindo efeitos positivos. São duas áreas de grande importância. Quero agradecer a todos os servidores públicos, que realizam esse trabalho para ofertar serviços de qualidade para toda a população”, disse a prefeita Fátima Pacheco.
Ao todo, foram avaliados 17 objetivos e 169 metas que fazem parte de um acordo assinado pelos 193 estados-membros da ONU, incluindo o Brasil. No estado do Rio, dos 92 municípios, apenas cinco ficaram à frente de Quissamã: Niterói, Petrópolis, Resende, Rio de Janeiro e Friburgo. Durante a apresentação dos números, o Instituto Cidades Sustentáveis informou que o Brasil é o primeiro país do mundo a avaliar os avanços da Agenda 2030 da ONU.
“Temos serviços de altíssima qualidade em Quissamã, e esse índice mostra o nosso trabalho para todo o estado, o país e o mundo, já que tem diretrizes da ONU. O planejamento definido pela Prefeitura alcança os objetivos esperados”, disse o vice-prefeito Marcelo Batista.
O Índice de Desenvolvimento Sustentável das Cidades levou em consideração os indicadores da gestão municipal, avaliados por observadores de universidades, organizações civis e órgãos de governo que asseguraram o ranqueamento de Quissamã como destaque no estado do Rio de Janeiro.

Galeria de Fotos