Rua Conde de Araruama, 425 – Centro Quissamã – RJ – Cep: 28.735-000

Tempo Agora

Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

Ouvidoria e E-sic

Quissamã avança na vacinação dos idosos contra a Covid-19

A Prefeitura de Quissamã vai finalizar, nesta sexta-feira (26), a vacinação contra a Covid-19 em domicílio para idosos de 90 anos e mais em todo o município. A etapa da campanha foi possível graças à chegada de 320 doses produzidas pela Oxford/AstraZeneca, na quinta-feira (25). A vacinação de idosos com 75 anos e mais começou há algumas semanas em três bairros: Machadinha, Santa Catarina e Caxias. A distribuição das vacinas está sendo realizada pelo Ministério da Saúde, seguindo o Plano Nacional de Imunizações.
Na próxima semana, a vacinação volta a acontecer nas unidades da Estratégia de Saúde da Família (ESF) para idosos de 85 anos e mais. O início será na segunda-feira (1° de março), a partir das 9h30, na unidade do Centro. Nos dias seguintes, a equipe vai passar pelas ESFs de Matias, Carmo, Alto Grande, Morro Alto e Barra do Furado.
“Com a chegada dessas doses, fizemos o planejamento de vacinar todos os idosos com 90 anos ou mais do município em suas residências. Temos as informações desse grupo prioritário, o que adiantou muito o serviço”, disse Natália Villaça, enfermeira do setor de imunização do município.
Paralelo a esse planejamento, a equipe da Secretaria de Saúde está aplicando a segunda dose da vacina nos idosos de Machadinha. Personalidade da região, Ereotides de Azevedo, mais conhecido por Seu Tide, de 97 anos, foi novamente vacinado contra a Covid-19. “É uma benção de Deus para todo o Brasil. Estou muito feliz por estar protegido contra essa doença”, disse seu Tide.
O planejamento da vacinação em Quissamã tem seguido as orientações do Plano Nacional de Imunizações. Na aplicação da segunda dose, no caso da Coronavc, produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a Sinovac, o reforço é realizado entre 14 e 28 dias após a primeira dose. Já a Oxford/AstraZeneca tem uma janela de 90 dias entre as doses.

Distribuição pelo Ministério da Saúde

Neste primeiro momento, o Governo Federal será responsável pela distribuição de toda a produção da CoronaVac e da Oxford/AstraZeneca. Desde o ano passado, a Prefeitura de Quissamã vem se mobilizando para a realização da vacinação na cidade. Em dezembro foi assinado um termo de entendimento com o Butantan para aquisição de 36 mil doses da vacina, porém o município ainda não recebeu um posicionamento oficial do Instituto após o Ministério da Saúde determinar a exclusividade na distribuição das doses. A aplicação da CoronaVac ocorre em duas doses, sendo a segunda entre 14 e 28 dias após a primeira. Já a Oxford/AstraZeneca tem uma janela de 90 dias entre as doses.

Galeria de Fotos