Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

IPMQ

Projeto ensina noções de primeiros socorros a alunos do Ciep

Alunos do Segundo Segmento do Ciep Dr. Amílcar Pereira da Silva, em Caxias, estão participando do Projeto Salvar com Esporte, uma proposta inovadora em Quissamã, que repassa instruções de primeiros socorros como forma de facilitar o atendimento de emergência a vítimas de mal súbito ou acidentados.
A iniciativa, que envolve 23 estudantes do 8º e 9º anos, foi do professor Allan Jhones da Silva Novaes, que há cinco anos atua na rede municipal de ensino. “A ideia surgiu após a aplicação de aulas sobre primeiros socorros e prevenção de acidentes que ministrei para alunos de natação em um clube de Itaperuna. Percebi que deveria levar este assunto para a escola e trabalhar com tempo, informações e materiais de qualidade, pois era uma necessidade real: conhecer sobre o tema. Então, iniciamos a pesquisa, formulação das aulas e planejamento de todas as ações”, explicou Allan, destacando o apoio do diretor geral do Ciep, Ângelo Leaubon, e da diretora pedagógica Jandra Machado.
Segundo o professor, os alunos que participam da primeira turma do projeto, num total de oito aulas em um bimestre, estão conseguindo absorver as informações e reproduzi-las com eficiência na prática, durante as aulas. “Acredito, que, em caso de aplicação de primeiros socorros numa situação real, eles possam ser bastante úteis, agindo com consciência, mitigando o sofrimento da vítima”, completou, informando que a formatura está programada para o dia 9 de julho.
A programação das aulas, iniciadas no início de maio, incluiu informações sobre funções dos órgãos vitais, doenças cardiovasculares, infarto, uso de desfibrilador, AVE, morte súbita de jovens atletas, hipoglicemia, hiperglicemia, desmaio, remoção de vítimas, engasgamento, convulsão e prática esportiva, entre outros conteúdos.
A estudante Luna Avenia, 14 anos, frisa que as informações podem ser úteis, futuramente, em casos de emergência. “É sempre bom termos conhecimento de algo que pode ajudar o próximo”, pontuou. A mesma visão tem Nicole Ferreira, um ano mais nova. “Já presenciei o caso de uma pessoa engasgada que foi socorrida de forma inadequada. Uma decisão correta pode salvar uma vida”, completou.
Para o coordenador do Programa Saúde na Escola (PSE), Júlio César Pereira, a iniciativa faz a diferença. “Essas atividades promovem a saúde e aprimoram o conhecimento dos alunos para atuarem, de forma eficiente e segura, em situações em que noções de primeiros socorros podem salvar vidas. Apoiamos o projeto atuando em sintonia com a direção do Ciep”, ressaltou.

Galeria de Fotos