Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

IPMQ

Programa incentiva coleta de óleo de cozinha

Preservar a qualidade das águas é fundamental e, por isso, tem sido preocupação constante de ambientalistas e gestores. Por ser um dos grandes poluidores das reservas hídricas, o óleo vegetal, que na maioria das vezes é despejado em ralos de pias ou mesmo diretamente na terra, vem sendo alvo de campanhas de conscientização e de coleta. Em Quissamã, o quadro não é diferente e a secretaria de Agricultura, Meio Ambiente e Pesca desenvolve, por meio da Divisão de Educação Ambiental, o programa de coleta de óleo nas residências e comércios locais, que tem recebido, ainda, colaboração valiosa das Unidades de Saúde da Família.
“Nosso objetivo é fazer com que cada vez mais moradores participem dessa campanha, já que é preciso estar atento ao descarte e os prejuízos que o óleo jogado no esgoto causa às tubulações e, principalmente, ao meio ambiente. Isso porque um litro de óleo polui cerca de 1 milhão de litros de água, o que equivale ao consumo de uma pessoa por cerca de 14 anos. Então, esse trabalho é progressivo e cresce a cada mês, o que nos mostra que a população é participativa e entende o valor do programa”, explicou o secretário José Borba.
O programa é desenvolvido há alguns anos, mas teve uma reformulação e agora oferece, através de uma das empresas coletoras, uma contrapartida em produtos de limpeza. O óleo descartado pelo comércio é coletado diretamente pela ‘Recicla Coleta’, de São Gonçalo. Já o descarte feito por residências deve ser encaminhado ao Parque de Exposição (Rua Manoel Gomes dos Santos, 150) de segunda a sexta-feira, sempre no horário administrativo. Ao chegar ao local, basta se dirigir ao almoxarifado onde, ao fazer a entrega, a pessoa receberá a contrapartida que, dependendo da quantidade, pode ser de um detergente ou kit de produtos de limpeza.
O material deve ser acondicionado em garrafa pet de 2 litros, que equivale a um detergente de 500 ml. Para os que apresentarem 20 litros de óleo, o retorno será de quatro kits contendo sabão em pó, detergente, limpador multiuso e pasta ou sabão em barra. Já para quem entregar 50 litros, o kit será composto por 15 produtos.
“Com o descarte adequado deste óleo preservamos o meio ambiente. A destinação nas residências é quase sempre nas pias, o que causa entupimento e desgaste das tubulações, além de aumentar o custo no tratamento de esgoto. E, nos casos em que são descartados diretamente no solo, causam a infertilidade da área, pois mais nada cresce no local e, ainda, há contaminação do lençol freático. E com a entrega deste óleo usado é possível, também, economizar já que a pessoa recebe, no mínimo, um produto, o que diminui os custos mensais da família no supermercado”, explicou a técnica de Meio Ambiente Jusara Rodrigues.
Ela elogiou o trabalho de conscientização que vem sendo desenvolvido na Unidade de Saúde de Barra do Furado, onde os moradores da localidade entenderam a importância do trabalho e têm entregado uma grande quantidade de garrafas com óleo. E a ideia vemmobilizando outras unidades, como a do bairro de Matias, que começa a informar e conscientizar moradores cadastrados para que possam, de imediato, participar do programa

Galeria de Fotos