Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

IPMQ

Programa de Microcrédito aprova mais nove propostas, e se aproxima de R$ 200 mil em financiamentos

Recurso público investido em Quissamã, gerando emprego, renda e desenvolvimento. Essa é a proposta do Programa de Microcrédito Empreendedor, da Prefeitura de Quissamã, que nesta terça-feira (30) aprovou mais nove propostas de microempreendedores estabelecidos no Município. Neste ano, o programa aprovou 37 propostas, totalizando R$ 185 mil em financiamento de empreendimentos.
As propostas são analisadas pelo Comitê de Microcrédito Produtivo da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo de Quissamã, na Casa do Empreendedor. Com recursos próprios da Prefeitura, o Programa de Microcrédito Empreendedor disponibiliza valores (individuais) de até R$ 5 mil reais, em 18 vezes, com juros de 0,23 (mensal) e 2,72 (anual) e carência de 6 (seis) meses para o pagamento da primeira parcela (neste período de pandemia).
– O Microcrédito Empreendedor superou as expectativas para 2021. São 37 empreendedores ampliando, abrindo negócios em diversas áreas, acreditando no Município. Com pagamentos de servidores e programas sociais em dia, a Prefeitura de Quissamã vem assegurando a economia, oferecendo ambiente de boas perspectivas para os microempreendedores, frisou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Arnaldo Mattoso.
O recurso do Microcrédito Empreendedor pode ser utilizado para custeio e capital de giro. As adesões ao Microcrédito Empreendedor são de diversos ramos, como: bar, gastronomia, ração de animais, vestuário, barbearia, confeitaria, lanchonete, marcenaria, borracharia e construção civil.
Os microempreendedores interessados podem procurar a Casa do Empreendedor e contar com o auxílio dos agentes de crédito na Coordenação do programa. O contato também pode ser feito pelo telefone (22) 2768-2733 para outras informações.
Para solicitar empréstimo, o interessado deve estar em dia com as obrigações fiscais (pessoa jurídica); não ter restrições cadastrais no Serasa/SPC; apresentar fiador com renda comprovada; ter empreendimento de, no mínimo seis em funcionamento na cidade; e morar em Quissamã há, no mínimo, dois anos e ter referências pessoais e uma bancária.

Galeria de Fotos