Rua Conde de Araruama, 425 – Centro Quissamã – RJ – Cep: 28.735-000

Tempo Agora

Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

Ouvidoria e E-sic

Prefeitura vai realizar mutirão de reparos após fortes chuvas

A Prefeitura de Quissamã realizará, a partir desta segunda-feira (5), um grande mutirão para reparar os danos provocados pelas fortes chuvas que afetaram o município, no último sábado (4). Durante todo o domingo (5), equipes percorreram as áreas mais atingidas, realizando os atendimentos e ações mais urgentes. No fim da tarde, a situação foi analisada em reunião, com a participação da prefeita Fátima Pacheco, do vice-prefeito Marcelo Batista, secretários e coordenadores.
“Estamos, desde o final da tarde de ontem, acompanhando todo o transtorno provocado pelas chuvas intensas. Ficamos perto das famílias, perto das pessoas, conferindo e buscando soluções para as principais demandas. Nenhuma família foi ferida, nenhuma casa desabou. Choveu 160 milímetros no sábado. Nos últimos três meses, foram mais de 500 milímetros, num total de 900 milímetros previstos para 12 meses. Observamos uma chuva excessiva, fenômeno que há muito não víamos em nossa cidade. Hoje, aumentamos o número de equipamentos, conseguimos chegar a todas as famílias que estavam em estado de emergência. O trabalho não para aqui, nossa equipe continua de plantão, em estado de atenção, porque há um novo anúncio de chuva, e nesta segunda, pela manhã, faremos um grande mutirão para reparar os danos. Estivemos hoje em Caxias, Santa Catarina, Penha, Praia de João Francisco, em todos os bairros impactados, e vamos continuar trabalhando para garantir total segurança à população de Quissamã”, ressaltou a prefeita Fátima Pacheco.
Neste domingo (5), funcionários da secretaria de Obras fizeram a correção do calçamento em algumas ruas e priorizam a limpeza de bueiros. Quatro caminhões ‘suga-tudo’ atuaram em locais com maior retenção de água. Os Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) do Sítio Quissamã, de Santa Catarina, e a Casa Social da Penha prestaram atendimento com equipe fixa, enquanto assistentes sociais visitaram domicílios em áreas mais afetadas. A secretaria de Educação montou uma base do Ciep 465 Dr. Amílcar Pereira da Silva para acolher desalojados ou desabrigados, em caso de necessidade. A Defesa Civil seguiu com o suporte às chamadas mais urgentes e toda as iniciativas contaram com apoio da Guarda Municipal e do Transporte, entre outros setores da Prefeitura. Para os casos de emergência, a população deve fazer contato pelos telefones 153 ou 2768-2482.

Galeria de Fotos