Rua Conde de Araruama, 425 – Centro Quissamã – RJ – Cep: 28.735-000

Tempo Agora

Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

Ouvidoria e E-sic

Prefeitura de Quissamã lança o Programa de Igualdade Racial

Com a finalidade de reforçar as políticas públicas direcionadas à comunidades negras, quilombolas e tradicionais do município, o Programa de Igualdade Racial (PIR) foi lançado oficialmente nesta sexta-feira (24), pela Prefeitura de Quissamã, através da Secretaria municipal de Assistência Social. Na oportunidade, a prefeita Fátima Pacheco também sancionou a lei do Conselho da Igualdade Racial.
Inicialmente, a base de instalação do Programa será no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do bairro Santa Catarina. As ações vão seguir orientações do Sistema Nacional de Promoção da Igualdade Racial (Sinapir) do Governo Federal.
“Precisamos de mais vozes nesta luta. O Brasil, infelizmente, é um país que tem o racismo na cultura, e não é de forma simples que vamos mudar esse panorama. O racismo adoece, coloca margem, o racismo mata, como em diversos casos que aparecem na TV e internet, mas existem vários outros casos em nosso cotidiano. Não podemos ficar quietos. É por isso que nesta manhã, com a associação, com o negro, com o governo e com o legislativo, estamos lançando o Programa de Igualdade Racial”, destacou a prefeita Fátima Pacheco, que esta semana também assinou o Pacto Pacto de Combate ao Racismo e Promoção da Igualdade Racial com municípios do Estado.
Evento iniciou-se com apresentação do grupo de Jongo Tambores de Machadinha, seguido da palestra do professor e escritor Ivanir dos Santos, que ponderou sobre o interesse da gestão municipal em abordar um assunto desta seriedade.
“Estive com a prefeita logo pela manhã e fiquei muito impressionado. É raro ver a sensibilidade de um gestor público para a importância do tema. Me falou também sobre sua leitura social na cidade. Muito bom ver todas essa pessoas juntas nesse processo”, disse.
Além da prefeita Fátima Pacheco, a mesa foi representada pela secretária de Assistência Social, Tânia Magalhães, da secretária de Igualdade Racial de Macaé, Zoraia Braz, da vice-presidente da União dos Negros pela Igualdade (Unegro) Quissamã, Nilcinéa Azevedo, pela coordenadora de Igualdade Social de São João da Barra, Cristiane Riscado, e dos vereadores Maurício Buguinho, Ailson Barreto, Fábio Castro e Janderson Barreto.
Presença também de representantes das entidades: União dos Negros pela Igualdade – Unegro; Movimento Negro Unificado de São João da Barra; Religião De Matrizes Africanas; Comunidade Cigana; Associação Quilombola de Machadinha; além de representantes das religiões evangélica e católica.
A vice-presidente da Unegro Quissamã, Nilcinéa Azevedo, comemorou. “Um dia que nunca mais esqueceremos em Quissamã. Será feito um resgate, e que vocês viram aqui, vão ver sempre. Convidamos todos para que estejam engajados nessa luta. Fica meu agradecimento a Secretária Tânia e à toda Comissão”.
No Cras de Santa Catarina são desenvolvidos projetos na Central de Estudo, Pesquisa e Planejamento étnico social no Centro. População, associações e Secretarias trabalham o engajamento de atividades para abordar a igualdade racial no município.
Segundo a secretária de Assistência Social, Tânia Magalhães, a assinatura do Programa e criação da Lei do Conselho é mais um passo para a promoção da igualdade racial.
“Muito feliz em estar aqui hoje. Temos uma ótima equipe envolvida em um movimento tão importante. Temos uma população de maioria negra em todos os territórios e vamos fortalecer cada vez mais essas políticas públicas. Precisamos ter a sensibilidade para trazer essa assunto à tona. Na prática, o Conselho também vai reafirmar a importância da igualdade racial”, reforçou.

Galeria de Fotos