Rua Conde de Araruama, 425 – Centro Quissamã – RJ – Cep: 28.735-000

Tempo Agora

Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

Ouvidoria e E-sic

Prefeita recebe líderes comunitários para ouvir demandas das localidades

No fim da tarde de quarta-feira (8) a prefeita Fátima Pacheco recebeu os presidentes e representantes das Associações de Moradores das diversas localidades do município, na sala de reuniões. Na pauta, a apresentação das solicitações de cada um deles e os caminhos para solução dos mesmos.
No início do encontro a secretária de Fazenda, Simone Moreira, apresentou planilhas com valores repassados ao município entre os anos de 2005 e 2017 e as projeções para 2018. Em sua fala ela deixou claro que as condições hoje torna difícil a situação financeira do município. “Já estive nesta função em governo anterior e posso afirmar que a realidade hoje é completamente diferente. Somente com as verbas federais que Fátima tem obtido é que temos conseguido complementar a receita”.
“Quem está na localidade o tempo todo e sabe o que acontece por lá, são vocês, os líderes comunitários e todos nós, aqui, queremos somente o bem de Quissamã. Sabemos da inquietude por conta do grande desemprego, e é impossível empregar todos na prefeitura. Mas, temos buscado alternativas para que o quissamaense tenha oportunidade no mercado de trabalho. Não podemos mais vender uma cidade que não existe”, explicou Fátima.
Ouvindo um por vez, a prefeita foi contactando secretários e coordenadores para solicitar resolução de cada um dos problemas apresentados, dando respostas imediatas e, quando não era possível, agendando atendimento diretamente com o responsável pela área. Uma solicitação quase unânime foi ajuda para legalização das associações, no que Fátima colocou a equipe à disposição.
Entre os assuntos discutidos um se destacou, que é a influência do tráfico nas localidades. E como solução, foram apontadas variadas caminhos pelos próprios representantes, como maior oferta de atividades esportivas e culturais nas localidades mais afastadas e envolvimento de uma maior número de adolescentes e jovens em programas governamentais.
No quesito iluminação pública, vários deles agradeceram à prefeita por já terem sido atendidos. Outros, ainda não atendidos, foram informados que o trabalho continua e que, em breve, toda a cidade estará iluminada. Mas também reconheceram que, mesmo onde as lâmpadas já foram trocadas, a depredação deixou novos pontos no escuro.
Houve ainda outras solicitações, como de mudança de horário escolar e quebra-molas na área rural, reabertura de posto de saúde e reforma de outros, reforma de banheiros de praças que foram depredados, iluminação de pontes, reforma e pintura de quadras, corte de árvores, resolução na questão do esgoto, internet pública nas localidades, nomeação de ruas, urbanização, reabertura do cinema, cronograma para coleta de lixo em cada lugar.
Participaram da reunião dezesseis representantes de associações, o secretário de Governo, Márcio Pessanha e o subsecretário Edmilson Santos; os vereadores José Borba e Léo da SIS.

Galeria de Fotos