Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

IPMQ

Prefeita participa de encontro com idosos

Mais de 1.000 idosos residentes em Quissamã receberão, a partir do próximo mês, uma bolsa-auxílio no valor de R$ 100 para complemento da sua renda familiar. Serão contemplados os inscritos no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos à Pessoa Idosa. O benefício, custeado com recursos municipais, não estava sendo pago há sete meses. O anúncio foi feito pela prefeita Fátima Pacheco, na manhã desta quarta-feira (18), em reunião no Auditório do Centro Administrativo.
Segundo Fátima, os cadastrados no programa terão o valor acrescido quando a arrecadação der sinais de recuperação. “Não adianta prometer e depois não pagar. Vocês merecem apoio e respeito, porque aqui estão os que mais trabalharam pelo crescimento do município. Hoje, a nossa realidade não permite um valor maior, mas assim que a situação econômica melhorar vamos fazer os ajustes possíveis”, garantiu, acrescentando que a hidroginástica e as atividades voltadas para a terceira idade serão retomadas. O programa de transferência de renda, no governo passado, contemplava a população da terceira idade com R$ 315,20, mas deixou de ser pago em meados de 2016.
O aposentado Paulo Roberto Pessanha, morador de Boa Vista, considerou a redução do valor do benefício acertada como solução para regularizar a sua concessão. “Pagar menos vai garantir que a gente receba a ajuda todo o mês, porque o dinheiro vai servir para muita coisa”, disse. Já Maria Gomes Paiva, residente no Centro, ressaltou que o benefício vai melhorar o seu orçamento familiar. “Tenho que pagar aluguel e comprar muito remédio, e o dinheiro vai chegar em boa hora”.
A secretária municipal de Assistência Social, Tânia Regina Magalhães, destacou que o cartão bancário continua tendo validade. “Estamos atendendo nos CRAS do Sítio Quissamã e Barra do Furado, de 8h às 17h, para tirar dúvidas e esclarecer os beneficiários”, completou.
Assistência – Os usuários inscritos no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos à Pessoa Idosa (SCFV) ainda fazem atividades recreativas, lúdicas, médica e terapêuticas, com foco na melhoria da qualidade de vida dos idosos. “Temos uma programação voltada inteiramente para a terceira idade”, lembrou Tânia.

Galeria de Fotos