Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

IPMQ

Prefeita Fátima Pacheco apresenta a rede de proteção à mulher de Quissamã no Fórum Regional de Lideranças Feminina

A prefeita Fátima Pacheco participou neste sábado (7) do Fórum Regional de Lideranças Femininas -15 anos da Lei Maria da Penha, realizado em São Francisco de Itabapoana. O evento contou com a presença do governador Cláudio Castro e da primeira-dama e presidente de honra do Rio Solidário, Analine Castro; da prefeita de São Francisco de Itabapoana, Francimara Lemos e demais autoridades.
O evento foi aberto pela prefeita Francimara Lemos, que frisou a necessidade de implantação de políticas públicas eficazes para o fim da violência. “E para isso estamos aqui hoje reunidos, para que juntos debatemos o tema”, disse.
Na ocasião, a prefeita Fátima Pacheco ressaltou que a violência contra a mulher é uma pauta de toda a sociedade e destacou a rede de proteção em Quissamã e o pioneirismo em cumprir exigências da Lei Maria da Penha, fortalecendo o atendimento.
“A violência doméstica é uma doença com traumas físicas, emocionais, psicológicos. Essa é uma pauta urgente e permanente. Temos em Quissamã uma rede que trabalha em parceria com a saúde, educação, esporte. Fizemos avanços importantes com a implantação do CEAM, Patrulha Maria da Penha, Sala Girassol e o Neah para fortalecer a rede de proteção à mulher e também de atendimento ao homem agressor”, ressaltou Fátima Pacheco.
Durante o fórum, o Governo do Estado divulgou uma carta de intenções para que todos os municípios do estado disponibilizem a Sala Girassol e o Neah (Núcleo Especializado de Atendimento ao Homem) no enfrentamento à violência contra a mulher. Quissamã já conta com esses dois equipamentos previstos na Lei lei 11.340/2006.
“O respeito a mulher deve ser permanente e enquanto as políticas forem transitórias teremos apenas projetos. A mulher não está buscando superioridade, mas sim igualdade”, reforçou o governador.
A primeira-dama Analine Castro destacou a força e sensibilidade da mulher no interior do estado. “As regiões Norte e Noroeste Fluminense têm cinco prefeitas mulheres. A prefeita de São Francisco de Itabapoana é a primeira mulher prefeita dessa cidade, tendo sido eleita e recentemente reeleita. Estive em Quissamã com a prefeita Fátima e fiquei muito feliz com sua equipe ter seis mulheres. Como presidente de honra do Rio Solidário buscamos cada vez mais apoiar a mulher”, frisou a primeira-dama.
Na próxima segunda-feira (9), às 18h, o município vai promover uma roda de conversa sobre o tema com a participação da deputada federal Soraya Santos, que destinou emenda ao município para implantação da Sala Girassol, na 130ª Delegacia, e aquisição de dois veículos para a Patrulha Maria da Penha. O evento será transmitido pelo Instagram da Prefeitura de Quissamã.
Município amplia rede de atendimento
Desde 2019, o município de Quissamã conta com o CEAM (Centro Especializado de Atendimento à Mulher), um espaço onde a mulher é acolhida e acompanhada por equipe multidisciplinar composta por advogada, psicóloga e assistente social. Atualmente, 400 mulheres são atendidas pelo Centro com trabalho de sensibilização, informação e orientação.
Em 2021, a Prefeitura de Quissamã implantou dois grandes serviços: Sala Girassol, ambiente reservado e humanizado para atendimento à mulher dentro da 130ª Delegacia e o Núcleo Especializado de Atendimento ao Homem (Neah) que funciona no CREAS do Sítio Quissamã, um espaço de reflexão com o agressor e ainda a Patrulha Maria da Penha.
De Quissama participaram do Fórum Regional de Lideranças Femininas, as secretárias de Educação Helena Lima; de Esporte e Juventude, Ísis Chagas; de Fazenda, Simone Moreira; de Habitação, Rosane Barros; de Cultura e Lazer, Kitiely Freitas; de Assistência Social, Tânia Magalhães , a controladora Cecília da Cruz e ainda a vereadora Simone Flores.

Galeria de Fotos