Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

IPMQ

Prefeita assume presidência da Junta do Serviço Militar

A prefeita de Quissamã, Fátima Pacheco, tomou posse na tarde desta terça-feira (14) como presidente da Junta do Serviço Militar (JSM) – 65, em uma cerimônia em seu gabinete. Seguindo à Lei do Serviço Militar, ela fez o juramento e assinou o Compromisso de Posse, se comprometendo em fazer cumprir deveres relativos ao cargo. Ela passa a ser responsável pela manutenção da JSM, fornecendo recursos materiais e humanos para o seu funcionamento no município, além de presidir solenidades de entrega de certificados. Por ano, em média, 400 jovens de Quissamã se alistam no serviço militar.
— Estamos de portas abertas para o Exército e a nossa parceria tem como finalidade principal consolidar ações para o engradecimento da Pátria. O nosso Exército é muito importante, porque ele garante a nossa segurança e a democracia — disse a prefeita.
A Junta está sob a jurisdição da 6ª Delegacia, que atende sete municípios da região, como Silva Jardim, Casimiro de Abreu, Rio das Ostras, Conceição de Macabu, Macaé, Carapebus e Quissamã.
O alistamento militar é um ato obrigatório a todo jovem brasileiro do sexo masculino. A inscrição deve ser realizada no período de 1º de janeiro ao último dia útil do mês de junho do ano em que o cidadão completar dezoito anos. “Quem não fizer está cometendo um crime por não estar em dia com o serviço militar. Ele não consegue tirar passaporte, fazer matrícula na faculdade, por exemplo. São várias implicações para o jovem que deixa de cumprir suas obrigações militares”, explicou o responsável pela Junta, tenente Soloni Benine Coelho, acrescentando que é atribuição também da JSM, a emissão de segunda via do certificado.
A solenidade contou ainda com a presença do secretário da Junta, Júlio Camponez, coordenador da Defesa Civil Municipal, Marcos Alves, o comandante da Guarda Municipal, Arilson Barros, presidente da Câmara Municipal, Luciano Pessanha, e dos vereadores Calico e José Borba, este último foi secretário da JSM por três vezes, nos anos 90 e 2000, e lembrou a sua implantação no município. “A Junta começou em 91, com algumas dificuldades materiais que conseguimos superar. A partir de agora, teremos solenidade de entrega de certificados aos alistados, o que não acontecia há cerca de oito anos em Quissamã”, disse.

Galeria de Fotos