Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

IPMQ

Prática pedagógica da Escola Tânia Regina será publicada por duas editoras

A Educação de Quissamã segue avançando e alcançando novas conquistas. A Escola Municipal Professora Tânia Regina de Paula, do bairro Alto Alegre, terá a prática pedagógica desenvolvida na unidade destacada em livros coletivos, no formato e-book. Os artigos “Pequenos escritores: Inclusão e protagonismo nas produções textuais de alunos quissamaenses” e “Protagonismo nas produções textuais de alunos quissamaenses: um desafio de todos os envolvidos na Educação”, serão publicados pelas Editoras Brasil Multicultural e Poisson.
Os artigos foram desenvolvidos pelo diretor pedagógico Edwilson da Silva Andrade e pela professora de Letramento e Linguagens Martha Caroline Duarte de Brito, com apoio e incentivo da diretora administrativa Márcia Renata Manhães de Abreu, idealizadora do projeto.
De acordo com os profissionais, a oportunidade da publicação surgiu após a apresentação do Projeto “Pequenos Escritores”, desenvolvido na unidade de ensino, no Congresso Nacional de Práticas Inclusivas: Mediações e Apresentações (Conapi), realizado na Universidade Estadual do Norte-Fluminense (Uenf), em Campos dos Goytacazes, em abril deste ano.
O evento, com o objetivo de fomentar o debate interdisciplinar sobre Educação Inclusiva, teve como eixo norteador as práticas de ensino e aprendizagem e contou com palestras, mesas-redondas, minicursos, grupos de trabalho, lançamentos de livros e atividades culturais.
“Estamos muito felizes. Após a participação no Congresso, recebemos o contato de três editoras para que nosso trabalho pudesse compor três livros no formato de capítulos e é importante ressaltar que o trabalho é mérito de toda a Escola Tânia Regina. Mérito de um a gestão engajada e de uma equipe pedagógica, que não teme os desafios e de uma equipe que se compromete e prioriza a educação dos nossos alunos”, explicou a professora Martha Caroline.
Edwilson fala dos trabalhos que traz como tema o protagonismo dos alunos no desenvolvimento da leitura e produção textual. “Num artigo, traremos uma abordagem sobre o processo de inclusão, tanto no aspecto que envolve as crianças especiais, como no aspecto social. E no outro, uma abordagem sobre o desenvolvimento do projeto na escola (um relato de experiência). A publicação desse material representa um ganho para a escola. É gratificante ver esse trabalho ganhar notoriedade no espaço acadêmico. Receber esse convite das editoras demonstra o quanto a divulgação do que acontece na escola é relevante quando associada a teorias de aprendizagem. Principalmente, por entendermos, com esse convite, que estamos no caminho certo”, explicou o diretor pedagógico.
O artigo “Pequenos escritores: Inclusão e protagonismo nas produções textuais de alunos quissamaenses” será publicado pela Editora Brasil Multicultural. Já o artigo “Protagonismo nas produções textuais de alunos quissamaenses: um desafio de todos os envolvidos na Educação” ficará a cargo da Editora Poisson.
O projeto “Pequenos Escritores” foi implantado na unidade escolar em 2018, em parceria com a Plataforma Estante Mágica, e envolveu 180 alunos, do 3º e do 5º ano do ensino fundamental, incluindo os alunos com necessidades especiais, com a proposta de incentivar os alunos a escrever e produzir textos e livros para publicação. A culminância ocorreu com uma noite de autógrafos, com a presença de profissionais da unidade, familiares e os pequenos escritores. A segunda edição da atividade já está sendo elaborada pelos alunos.
“É importante frisar que o principal objetivo do projeto foi trabalhar o protagonismo e autoria dos alunos para que eles, de fato, pudessem se sentir autores e ilustradores. Isso é muito importante e fez a diferença. Eles se sentiram escritores da própria história”, reforçou a professora Martha.

Galeria de Fotos