Rua Conde de Araruama, 425 – Centro Quissamã – RJ – Cep: 28.735-000

Tempo Agora

Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

Ouvidoria e E-sic

Pesagro-RJ e secretaria de Agricultura definem novas ações para o Rio-Milho

A secretaria municipal de Agricultura, Meio Ambiente e Pesca recebeu, nesta quarta-feira (17), a visita de uma equipe da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Estado do Rio de Janeiro – Pesagro-RJ, para traçar as próximas ações no Programa do Rio-Milho, uma parceria da Prefeitura de Quissamã com o Governo do Estado do Rio de Janeiro, que tem a perspectiva de englobar 60 produtores rurais locais.
Projeto-piloto do Programa, no Estado do Rio, o Rio-Milho iniciou o plantio há cerca de um mês, com o plantio em propriedades e no Horto Municipal Hermes de Souza. No Horto foram utilizadas as variedades IPR 164, BRS Caimbé e AL Bandeirante, enquanto outra variedade, a Cativerde, recomendada para milho verde, adquirida pela Pesagro, está sendo avaliada nas propriedades dos produtores rurais Wedson Ferreira (Canto de Santo Antônio) e Maria Helena (Alto Grande).
Apesar das primeiras ações, como o plantio em pelo menos três locais diferentes, o desenrolar do projeto tem atrasado em razão da incidência de chuvas acima da média, neste ano, o que tem dificultado o plantio e os tratos culturais. Mesmo assim, tanto a Secretaria quanto a Pesagro definiram os próximos passos, como a produção do biofertilizante natural Agrobio, no Horto, em parceria com os pesquisadores da Pesagro, a fim de incentivar o uso pelos produtores rurais. O produto é uma alternativa para minimizar o uso de fertilizantes químicos e agrotóxicos, por conter organismos vivos que ajudam na nutrição da planta, e na resistência natural ao ataque de pragas e doenças.
Participaram da reunião, o secretário de Agricultura, Meio Ambiente e Pesca e vice-prefeito, Marcelo Batista; os pesquisadores Lúcia Valentini e José Márcio Ferreira; os técnicos agrícolas da secretaria, Cosme Chagas, Ildefonso Neto e Jorge da Penha; e os engenheiros agrônomos Amanda Martins e Arnoldo Reilly.
– Nessa fase do Rio-Millho, a finalidade é avaliar as variedades que melhor se adaptam à Região e incentivar a produção de pequenos produtores rurais”, avaliou Marcelo Batista.

Galeria de Fotos