Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

IPMQ

Museu Casa Quissamã comemora 13 anos com teatro, música e animação

Inaugurado em junho de 2006, o Museu Casa Quissamã completa, na quarta-feira (12), 13 anos de funcionamento oferecendo aos munícipes e vistantes uma verdadeira viagem ao passado. As atividades comemorativas aconteceram na tarde desta segunda-feira (10), com a esquete teatral “Minha História, Meu Museu”, apresentação da Banda Carnavalesca Euclydes Barcelos e brinquedos para atender o público infantil. A atividade, que fez parte da programação oficial dos 30 anos de emancipação político-administrativa do município, foi acompanhada pela prefeita Fátima Pacheco, pelo vice-prefeito Marcelo Batista, secretários, coordenadores e vereadores.
O evento envolveu alunos das Escolas Municipais Carlos Roberto Cruz Filipino, Miguel Ângelo da Silva Souza, Maria Ilka de Queirós e Almeida, Felizarda Maria Conceição de Azevedo, Regina Celi Passos, do Centro de Atendimento Educacional Especializado de Quissamã (CAEEQ), do Colégio Cenecista Nossa Senhora do Desterro e da Escola Maria Ângela Moreira Pinto, de Campos dos Goytacazes.
A esquete foi encenada pelos atores do Centro Cultural Sobradinho, sob a direção da professora Leize Maciel. “Retratamos um pouco da história do nosso município e do Museu Casa Quissamã, tudo contado por personagens infantis, pelo personagem Conde de Araruama e a própria Quissamã, que ganhou vida nas cenas. O objetivo também foi de resgatar cantigas e brincadeiras infantis”, explicou Leize.
A diretora do Museu, Valdirene Pereira, destaca que são 13 anos em que um dos principais cartões-postais da cidade segue de portas abertas recebendo um público diversificado. “Recebemos visitas de historiadores, pesquisadores, turismo pedagógico, estrangeiros e os queridos quissamaenses, que nos últimos anos têm procurado o espaço com mais frequência. Esses públicos são atraídos pela história, arquitetura e a preservação da memória. É importante salvaguardar o espaço para que as gerações futuras conheçam seu passado, suas tradições, sua cultura e a identidade de seu povo”, ressaltou.
Para os interessados em conhecer o espaço, a entrada é gratuita e a visitação acontece de quarta-feira a domingo e feriados, das 10h às 16h. O agendamento de grupos pode ser feito pelo telefone (22) 2768-1332.

Galeria de Fotos