Rua Conde de Araruama, 425 – Centro Quissamã – RJ – Cep: 28.735-000

Tempo Agora

Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

Ouvidoria e E-sic

Município realiza Dia Laranja e abertura das atividades do Outubro Rosa

A secretaria municipal de Assistência Social, por meio do Centro Especializado de Atendimento à Mulher (Ceam), realizou na manhã desta quarta-feira (2), no auditório da Prefeitura, o Dia Laranja, pelo fim da violência contra mulheres e meninas. A programação contou ainda com a participação da secretaria de Saúde, com a abertura da campanha do Outubro Rosa e apresentações de defesa pessoal, com professores e atletas de Taekwondo.
Participaram das demonstrações, o professor de Taekwondo Joelson Galson, a professora Anderssa Lourenço e os atletas Angelina Lourenço Galson, Leonardo Cruz e Dalton Rodrigues. Na atividade de abertura do Outubro Rosa, a coordenadora da Estratégia Saúde da Família, Milena Viana, abordou a importância dos cuidados e prevenção ao câncer de mama, tais como diagnóstico precoce.
“O câncer de mama é o segundo tipo de câncer mais frequente no mundo e o primeiro entre as mulheres. Por isso, é importante ficarmos atentos a qualquer mudança em nosso corpo, como aparecimento de caroços (nódulos), alterações no bico do peito, pequenos nódulos nas axilas ou no pescoço, e à saída espontânea de líquido dos mamilos”, reforçou Milena.
Sara Barcelos, nutricionista do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (Nasf), também participou do evento com abordagem e demonstração sobre alimentação saudável. “Existem alimentos naturais que podem ajudar na prevenção do câncer de mama, como vegetais verdes escuros, açafrão, pescados frescos ricos em ômega 3, frutas vermelhas, romã, uva, cacau, evas e temperos naturais, cenoura, chá-verde, linhaça, azeite de oliva, abacate e castanhas”, explicou.
A coordenadora do Ceam, Isabel Brantes, destaca que o Dia Laranja será celebrado mensalmente em forma de oficinas e palestras que visam empoderar as mulheres para o autoconhecimento, sempre alertando para a necessidade de prevenir e combater a violência. “Algumas situações adversas ainda parecem invisíveis aos olhos da sociedade. Vamos dar vez e voz a quem precisa”, completou Isabel.

Galeria de Fotos