Rua Conde de Araruama, 425 – Centro Quissamã – RJ – Cep: 28.735-000

Tempo Agora

Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

Ouvidoria e E-sic

Micareta Viver Quissamã terá diversas atrações em abril

O carnaval fora de época, Micareta Viver Quissamã, já movimenta a cidade que se prepara para receber um grande fluxo de turistas, com o fortalecimento de diversos setores do comércio e geração de empregos e renda. Mesmo com a abrangente estratégia de vacinação contra a Covid-19 adotada por Quissamã, ficou acordado com os representantes das agremiações a não realização dos desfiles no mês de fevereiro.
Assim, uma nova data foi estipulada para os eventos – tendo como referência o feriado de Tiradentes, em 21 de abril.
“O carnaval é reconhecidamente um período com forte tradição, que movimenta o turismo e a economia. Toda estrutura está sendo organizada para que setores como hotelaria, gastronomia e pequenos comerciantes atuem incrementando a economia do município”, destacou a prefeita Fátima Pacheco.
Nos próximos dias a Secretaria Municipal de Cultura, Patrimônio Histórico e Lazer vai anunciar a programação completa da Micareta Viver Quissamã, que deve contar com atrações em nível nacional, além dos tradicionais desfiles de blocos e bois malhadinhos.
“A cadeia produtiva que envolve o carnaval é abrangente. O trabalho está sendo feito por meio de ações conjuntas de diversas secretarias para que os quissamaenses possam trabalhar e aproveitar o carnaval fora de época, uma retomada dos eventos de maior porte no município”, avaliou a secretária Municipal de Cultura, Patrimônio Histórico e Lazer, Kitiely Freitas.
Auxílio ao Carnaval
A Prefeitura de Quissamã publicou, na quinta-feira (24), no Diário Oficial, a Lei Nº 2191, na qual fica autorizada a concessão de auxílio financeiro, por meio da Secretaria de Governo, aos Bois Malhadinhos e blocos de carnaval de rua do município.
A seleção dos Bois Malhadinhos e blocos de carnaval será precedida de Chamamento Público e se dará mediante a apresentação e aprovação de Plano de Trabalho, conforme normas e critérios estabelecidos no respectivo edital, cuja análise caberá à Comissão Especial para tanto designada, por ato do Poder Executivo.
O valor do auxílio será de R$ 10 mil, para cada Boi Malhadinho, limitado ao quantitativo máximo de nove bois selecionados, e R$ 6,5 mil para cada bloco de rua, limitado ao quantitativo máximo de sete blocos selecionados.

Galeria de Fotos