Rua Conde de Araruama, 425 – Centro Quissamã – RJ – Cep: 28.735-000

Tempo Agora

Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

Ouvidoria e E-sic

Mais duas escolas de Quissamã, realizaram seus “Arraiá na Roça” neste sábado (02)

Na manhã do sábado (02), foi a vez de mais duas instituições de ensino celebrarem o período, movimentando a comunidade escolar. As Escolas Municipais Carlos Roberto Cruz Filippino e Ignacio Hugo de Souza, entraram no ritmo dos “Arraiá”.
Foi a primeira vez que o Arraiá José e Maricota, aconteceu no pátio da Escola Carlos Roberto Cruz Filippino. O evento contou com a apresentação de 12 quadrilhas, representadas pela grande maioria dos 209 alunos, que começam do maternal e vão ao 3º nível do CBA – Ciclo Básico de Alfabetização. Teve também a eleição do Rei e Rainha da festa, sorteios de brindes, correio do amor, pescaria, cantinhos para fotos e muita música.
A Diretora Administrativa, Maria Claudia Fernandes, falou sobre o evento, que foi feito com muito amor. “Estamos comemorando esse momento de paz, de confraternização, com os pais que compareceram em peso, curtindo seus filhos e com grandes núcleos familiares presentes formados por avós, pais, tios, primos, madrinhas, entre outros. Essa foi a herança boa que o pós pandemia nos trouxe, a união”, declarou.
Para Ingrid Ribeiro, mãe do pequeno Rhian Rickson, de apenas três anos e aluno da primeira turma do maternal que se apresentou, não tem dinheiro que pague essa emoção. “Por conta da pandemia, foi a primeira vez que pude ver meu filho dançando e foi muito gratificante poder acompanhar de perto a alegria dele, que não cabia nem na música que dizia pula pula pipoquinha, pois ele pulou feito milho, cantou bem alto e toda vez que me via filmando, abria um lindo sorriso”, descreveu a mãe derretida.
Encerrando as festas juninas do final de semana, na segunda escola do dia, a Ignacio Hugo de Souza, localizada na Penha, o evento começou com a apresentação da Banda Murilo Notato, que recebeu este nome, em homenagem ao aluno da unidade que faleceu precocemente. Com 185 estudantes, a escola funciona em horário integral da educação infantil ao terceiro ano, mas ainda possui turma do quarto e quinto ano do ensino fundamental. A Festa na Roça, teve cinco quadrilhas dançando.
A secretária de Educação, Helena Lima, o subsecretário, Robisson Serra, o subsecretário de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, José Borba Pessanha e o vereador Ailson Barreto, fizeram questão de comparecer para prestigiar o evento. “Durante dois anos, as unidades não puderam realizar as festividades e hoje, estarmos aqui, com essa integração entre pais, filhos, professores e profissionais da educação, é muito importante”, explicou o subsecretário de Educação.
“A festa é mais uma oportunidade de acolher a família e os pais terem um contato maior com os professores, com os auxiliares. As crianças ficaram muito felizes por terem esses momentos e participaram com muita alegria. Gostaríamos de agradecer essa parceria de sucesso”, finalizou Mara Messena, Diretora Pedagógica da escola.
“É de suma importância, resgatar e valorizar as tradições culturais do nosso povo, e a festa junina é uma das mais alegres e participativas. Os alunos de todas as idades gostam das músicas, trajes e brincadeiras, além de se envolverem nas comemorações com muita animação”, concluiu Helena. Os festejos também marcam o término do primeiro semestre do ano letivo de 2022.
As escolas e creches municipais, realizarão nas próximas duas semanas as comemorações juninas com brincadeiras diversas, tais como pescaria, boca do palhaço e correio do amor. Haverão também comidas típicas, como canjicas, pé de moleque, cocada, bolo de milho, de aipim, maça do amor e as tradicionais danças das quadrilhas, com o famoso casamento na roça.

Galeria de Fotos