Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

IPMQ

Índice do mosquito da Dengue, Chicungunya e Zika vírus está abaixo do estabelecido pelo MS

O Levantamento de Índice Rápido para Aedes aegypti (LIRAa), divulgado pela secretaria estadual de Saúde no último dia 27 confirma que Quissamã registrou no mês passado o percentual de 0,1% de infestação do mosquito transmissor da Dengue, Chicungunya e Zika vírus, abaixo do preconizado pelo Ministério da Saúde, que é de até 1% para manter afastado o risco de surto ou epidemia. Este ano, o Município contabilizou 14 casos suspeitos de dengue e dois de Zika vírus, que foram descartados após exames e investigações epidemiológicas.
De acordo com a Divisão de Vigilância Ambiental, da secretaria municipal de Saúde, em todas as visitas realizadas na área urbana entre 23 e 27 de outubro foi encontrado apenas um foco do mosquito numa cisterna de uma residência no bairro Sítio Quissamã. “O trabalho preventivo evoluiu a partir da intensificação de ações em bairros cujos índices de infestação do mosquito eram altíssimos, como Caxias, e que hoje não apresenta registros, aliado à conscientização dos moradores”, disse o diretor Leonardo Barcelos Chagas.
Ele ressaltou que a população deve continuar fazendo sua parte, principalmente com a chegada do verão onde a incidência de transmissão de arboviroses é maior. “O maior perigo é em casa. Os moradores não devem descuidar e evitar deixar pratos de vasos de plantas com água, caixas d´água sem tampas, latas, garrafas, plásticos, pneus, calhas e piscinas sem tratamento, alertou, destacando que as gestantes devem se proteger utilizando repelentes devido a microcefalia associada ao Zika vírus.
Ações – Na Semana Nacional de Mobilização dos Setores da Educação, Assistência Social e Saúde no combate ao Aedes aegypti, as ações desenvolvidas em parceria com os programas Saúde do Escolar (PSE) e Estratégia de Saúde da Família (ESF) nas unidades de saúde se estendem nesta quarta-feira, com Sala de Espera no Carmo. De 23 a 30 do mês passado foram realizadas palestras sobre “Cuidados com Zika vírus e microcefalia” para gestantes; Sala de Espera em Morro Alto, Barra do Furado, sede do Município, Machadinha e nos bairros Caxias e Santa Catarina.

Galeria de Fotos