Rua Conde de Araruama, 425 – Centro Quissamã – RJ – Cep: 28.735-000

Tempo Agora

Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

Ouvidoria e E-sic

III Piquenique de Conscientização do Dia Internacional da Síndrome de Down: inclusão e diversão

Contação de histórias, música, oficina de pintura facial, brinquedos e lanches. Tudo isso aconteceu na manhã desta quinta-feira (17) no III Piquenique de Conscientização do Dia Internacional da Síndrome de Down promovido pela Secretaria Municipal de Educação. Depois de dois anos parados por conta da pandemia, o evento que tem como proposta promover cada vez mais a inclusão na rede municipal de ensino foi realizado no pátio do Centro Cultural Sobradinho. A data é comemorada em 21 de março.
Mãe de Emanuelly de 6 anos, aluna da Escola Municipal Professora Nelita de Barcellos dos Santos, Marcelle Maria Barcelos destacou a importância da inclusão promovida pela escola.
“Está sendo muito bom o desenvolvimento dela com a escola e o Centrinho. Ela recebe estímulos que ajudam no dia a dia, no comportamento. Outros municípios não oferecem o que temos aqui em Quissamã com diversas atividades para as nossas crianças. Só gratidão por ter essa riqueza em nossa cidade”, destacou a mãe.
Com mais de 4,3 mil estudantes, atualmente Quissamã possui na rede municipal cerca de 120 alunos com necessidades educativas especiais, sendo 7 com Síndrome de Down em cinco unidades: E.M. Sementes do Futuro, no Canto da Saudade; E.M. Ignácio Hugo, na Penha; E.M. Délfica de Carvalho Wagner, em Barra do Furado; E.M. Professora Nelita de Barcellos dos Santos, Morro Alto; e a Creche Municipal Rachel Francisca C. da Silva, no Centro. Desde 2018, a rede municipal conta com o Centro de Atendimento Educacional Especializado de Quissamã – CAEEQ, Centrinho, que atende no contraturno escolar os alunos com necessidades educativas especiais.
“Recebemos para este piquenique, não somente os alunos com síndrome de Down, mas todos os colegas da turma, professores e os pais. Um momento de diversão, mas de inclusão e, sobretudo, conscientização do quanto podemos crescer e viver bem juntos com cada um contribuindo para o desenvolvimento do outro”, destacou a secretária de Educação, Helena Lima.
A coordenadora da Educação Inclusiva, Cyntia Cristina de Brito, ressalta que promover atividades de integração é muito importante para a socialização. “Devemos mostrar para os nossos alunos que o mais importante é o respeito, a acolhida”, pontuou a educadora.

Galeria de Fotos