Rua Conde de Araruama, 425 – Centro Quissamã – RJ – Cep: 28.735-000

Tempo Agora

Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

Ouvidoria e E-sic

Ideb é tema de curso para professores da rede municipal

Professores do 5º e 9º ano da rede municipal de ensino estão participando do curso “Como Fazer seu Município ser Campeão no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) / Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB)”. A programação, com a palestra “O que é básico na educação de hoje?”, no auditório do Colégio Cenecista Nossa Senhora do Desterro, começou na quarta-feira (27) e prossegue nesta quinta (28) com oficinas de Língua Portuguesa, ministradas pela professora Rosângela Maria Lopes, e Matemática, com Francielli Aparecida Rocha Carli, ambas de Maringá, no Paraná.
A coordenadora de Gestão Pedagógica, Helena Lima, explica que o curso visa formar os docentes para melhorar o desempenho dos alunos em sala de aula, além de fomentar o trabalho com os descritores de Português e Matemática. “A iniciativa é também uma forma de garantir padrões mínimos de qualidade de ensino, acompanhar e monitorar o desempenho das escolas municipais”, destacou.
A professora de Língua Portuguesa Rosângela Lopes pontua que a ideia foi trabalhar e conversar com os professores sobre Educação. “O curso tem por objetivo discutir os descritores e distratares os quais são cobrados e abordados na chamada prova do SAEB. Percebemos a importância da informação e formação para os professores que estão trabalhando com nossas crianças para que eles possam, de fato, passar por esse momento de uma maneira mais tranquila e preparada”, ressaltou.
O curso será dividido em quatro etapas. Os próximos encontros acontecerão nos dias 10 e 11 de abril com a palestra “Seu Professor sabe ensinar?”; 5 e 6 de maio, com a palestra “Vamos ler, escrever, interpretar e calcular com qualidade?” e nos dias 18 e 19 de setembro com a abordagem “Já posso me aprofundar nos conhecimentos?”.
Em 2018, o município de Quissamã atingiu a maior média do IDEB desde que o índice foi instituído, atingindo 5,7, ultrapassando inclusive a meta projetada para o ano de 2021, que é de 5,5. O resultado é referente ao ano de 2017 primeiro segmento (1º ao 5º ano de escolaridade).
Criado em 2007 pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o Ideb foi formulado para medir a qualidade do aprendizado nacional e estabelecer metas para a melhoria do ensino. Além disso, é importante por ser condutor de política pública em prol da qualidade da educação. É a ferramenta para acompanhamento das metas de qualidade do Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE) para a educação básica, que tem estabelecido, como meta, que em 2022 o Ideb do Brasil seja 6,0 – média que corresponde a um sistema educacional de qualidade comparável a dos países desenvolvidos.

Galeria de Fotos