Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

IPMQ

Geração de empregos e renda: Microcrédito aos MEI’s garante desenvolvimento do comércio de Quissamã

A Prefeitura de Quissamã, desde 2018, vem desenvolvendo o Programa Municipal de Microcrédito Produtivo e Orientado, concedido aos Microempreendedores Individuais (MEI’s) do município. Nesta semana, a prefeita Fátima Pacheco, o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, Arnaldo Mattoso, e a coordenadora do microcrédito visitaram comerciantes que tiveram o apoio do projeto para investir em seus estabelecimentos.
“Em Quissamã, o comércio tem grande importância na geração de empregos, renda e desenvolvimento. Desde 2018, a Prefeitura tem garantido o repasse de crédito para os MEIs, proporcionando um investimento importante para o setor. Por isso, peço que prestigiem o comércio local e valorizem os nossos empreendedores, que são grandes profissionais”, disse a prefeita Fátima Pacheco.
Pelas ruas do município, há diversas histórias que contam a importância desse projeto para o desenvolvimento do comércio. Uma delas é do proprietário da Rações B. Pessanha, Adilson José Pessanha Filho. “Fui empregado do comércio por 12 anos. Depois, motorista, mas sempre quis crescer, só que não imaginava que conseguiria ser dono do meu negócio. A prefeitura, por meio do microcrédito, me deu essa oportunidade e estou muito feliz com o resultado”, agradece Adilson.
A experiência é compartilhada por Marcelino José Pereira, dono da Loja Leão de Judá, na Rua do Comércio. “O microcrédito me ajudou bastante, pois pude pagar as minhas contas e investir em material para loja. Eu sou da área industrial e novo nesse ramo, mas cada dia aprendo algo diferente e isso me deixa muito orgulhoso. Quando eu lembro que comecei vendendo roupa numa sacola, que virei empreendedor na linha esportiva, que sobrevivi a pandemia e hoje estou aqui, vejo que microcrédito nos ajuda a superar as dificuldades e nos fortalece”, conta Marcelino.
Microcrédito bate recorde em 2021
O secretário Arnaldo Mattoso acompanha as histórias de sucesso dos comerciantes que buscam o apoio do microcrédito. “O Marcelino é um grande exemplo. Começou com uma sacola e hoje está estabelecido na Rua do Comércio. Ele encontrou nas vendas uma alternativa. Ele acreditou nele, no nosso município e investiu na economia local”, destacou Arnaldo.
Arnaldo completa ainda que, a forma de utilizar o microcrédito demonstrou uma grande diversidade entre os comerciantes: aumentar o estoque, gerar um fundo para os momentos mais complicados, melhorar o espaço e colocar em dia as contas. “Não foi à toa que ano passado batemos o recorde de solicitações e foram 37 pedidos atendidos. Acho que isso se deve de fato a diversidade de interesses no microcrédito”, finalizou Arnaldo.
O comércio fortalecido garante geração de emprego e renda para o município. É o caso da Aline Ribeiro, gerente da D’Dan Modas. “Com o valor do microcrédito, conseguimos aumentar o nosso estoque, trazendo novidade para os clientes. Também criamos um fundo para possíveis pagamentos, para possíveis emergência, principalmente neste período de pandemia”, conta Aline.
Lenilda Gomes, da Lala Modas, também destaca a importância do projeto para o desenvolvimento do comércio da cidade “Estava numa situação muito complicada e vi no microcrédito uma possibilidade de crescimento. Juntei a papelada, tentei, consegui e valeu muito a pena, pois finalmente pude ampliar a loja e as vendas aumentaram”, conta Lenilda.

Galeria de Fotos