Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

IPMQ

Enfermeiros recebem atualização em Classificação de Risco

Com o objetivo de manter os profissionais que atuam no município sempre atualizados, aconteceu na quinta (6) e sexta-feira (7), no Hospital Municipal Mariana Maria de Jesus, uma atualização sobre Classificação de Risco dos pacientes que dão entrada na unidade. Dirigido aos enfermeiros contratados pela Sociedade Beneficente Caminho de Damasco e também aos concursados, 40 participantes, divididos em quatro turmas, recebem novas informações e atuam em simulados de atendimento. O evento foi uma parceria da empresa com a Prefeitura, via secretaria de Saúde.
“O objetivo é passar noções básicas sobre a classificação de risco em atendimentos de emergência para identificar possíveis causas que possam causar morte iminente e assim colocar as pessoas em uma ordem para que tenham atendimento rápido. Os participantes trabalham em diversas áreas do hospital, não somente na porta de entrada, mas é importante que todos entendam o que vem a ser o acolhimento para dar um atendimento melhor. E que, após esse encontro, tenham entendimento para que possam discutir entre eles e desenvolver a cultura de classificação de risco que eles já têm”, informou o enfermeiro e reservista do Corpo de Bombeiros de São Paulo, Carlos Alberto de Souza Libório, representante da Total Saúde, empresa que oferece treinamentos em emergência.
A coordenadora geral de enfermagem do Hospital, Jussara Alves, falou que quando assumiu a função, há seis meses, encontrou a equipe com dificuldades no momento da triagem na emergência. “Ao identificar a falta de treinamento periódico na classificação de risco, principalmente com o rodízio de enfermeiros, gerou-se a necessidade de todos receberem esse conhecimento até mesmo para padronizar a linguagem. E, com isso, trazer ao hospital uma triagem que possa atender melhor aos pacientes”, esclareceu.
Segundo Ricardo Gonçalves Borba, gestor e técnico da Sociedade Beneficente Caminho de Damasco, esse projeto é o início de vários treinamentos que acontecerão para os profissionais que atuam no hospital de Quissamã. Na sequência, as ações atenderão também às demais unidades de saúde, como a de Barra do Furado, que no verão tem aumentada sua demanda, para que todos tenham essa capacidade de classificar o paciente de acordo com o risco.

Galeria de Fotos