Rua Conde de Araruama, 425 – Centro Quissamã – RJ – Cep: 28.735-000

Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

Ouvidoria e E-sic

Tempo Agora

Em três anos, Quissamã já investiu mais de R$ 12 milhões em bolsas de estudo e transporte universitário

Nesta terça-feira (19), a Prefeitura de Quissamã, por meio da Secretaria Municipal de Educação, promoveu um encontro com os bolsistas universitários vinculados ao Programa de Bolsas de Estudos de Ensino Superior. Houve também a eleição para designar um representante dos bolsistas na Comissão de Avaliação do Programa, bate-papo com prestação de contas sobre o investimento realizado, e novo formato para recadastramento.

A partir de 2024, serão promovidos quatro encontros – total de 30h – para recebimento de certificado e renovação da bolsa. Empreendedorismo, políticas antirracistas, tecnologias e sustentabilidade serão as pautas em evidência.

Quando assumiu a Prefeitura, em 2017, a atual gestão encontrou uma dívida de R$5 milhões em bolsas de estudo com as universidades, com benefícios interrompidos e alunos com matrículas trancadas. Atualmente, são cerca de 320 bolsas concedidas para três vertentes: Ensino Médio, Especialização para Professores e Ensino Superior, um investimento de quase R$7,5 milhões desde a retomada. O maior valor é em curso de medicina, com mensalidades de até R$11 mil para quase 15 estudantes.

A ampliação da oferta de Bolsa de Estudos fez a procura do Transporte Universitário aumentar. Com a disponibilidade também do transporte, os estudantes chegam às instituições de ensino de forma mais rápida, segura e sem gastos. O transporte ofertado beneficia mais de 700 estudantes, em reconhecimento à importância da formação acadêmica. Um investimento de cerca de R$4,3 milhões.

São cerca de R$12 milhões em Bolsas de Estudo e Transporte Universitário. A Prefeita Fátima Pacheco e o vice Marcelo Batista ressaltaram o investimento realizado e participaram de uma conversa interativa com os estudantes. Também participaram a secretária de Educação, Helena Lima; o subsecretário Robisson Serra; o coordenador do Departamento de Bolsas, Germano Machado; e o vereador Aílson Barreto.

“Os maiores responsáveis pela bolsa são os quissamaenses. Quem custeia é a população. Só em medicina, por exemplo, estamos falando de 600 mil reais ao final do curso. Escolhemos investir de uma forma grandiosa na educação, da creche até a universidade e não tem nada mais emancipador que a educação”, comentou Fátima.

“Tivemos tantos relatos emocionantes hoje e isso nos faz ter certeza que estamos no caminho certo e nos dá muita força para continuar. Não vamos parar esse processo de abrir caminhos para uma educação cada vez melhor”, afirmou Marcelo.

Bolsista, Kyara Vieira tem apenas 23 anos e já inicia, em 2024, seu sexto ano de medicina em uma universidade em Petrópolis. A estudante destacou a oportunidade com a Bolsa.

“Muitos dos meus professores têm elogiado Quissamã quando eu falo que tem esse projeto. É uma coisa que muita gente desconhece, uma Prefeitura que realmente dá esse tipo de oportunidade para as pessoas. Faz muito tempo que eu sonho com isso e foram seis anos de guerra, foram seis anos de muita luta, muito estudo”, disse.

Galeria de Fotos

cadastro enviado com sucesso

Seu Cadastro foi enviado com sucesso e será analisado por nossa equipe.