Rua Conde de Araruama, 425 – Centro Quissamã – RJ – Cep: 28.735-000

Tempo Agora

Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

Ouvidoria e E-sic

DPO de Barra do Furado é pauta de encontro com comando da PM

O tema segurança pública voltou à pauta da prefeita de Quissamã, Fátima Pacheco, nesta sexta-feira (13). Pela manhã, ela foi recebida, em Campos, pelo coronel Lúcio Flávio Baracho, responsável pelo 6º Comando de Policiamento de Área (CPA). Entre os assuntos abordados, destaque para os pedidos de reabertura do DPO de Barra do Furado e o retorno das operações de policiamento ambiental no município, que constam de ofício da Prefeitura protocolado no 6º CPA. A reunião teve a participação do secretário de Governo, Marcinho Pessanha; do coordenador de Segurança Pública, Janderson Chagas; dos vereadores Luciano Pessanha (presidente da Câmara), Xande Moreno, Calico, José Borba, Luiz de Acil e Léo da Sis; além do Procurador-Geral do Legislativo, David Gabriel.
Fátima demonstrou preocupação com o crescimento dos índices de violência em Quissamã e lembrou que a cidade conta apenas com cinco policias militares e duas viaturas. “Sabemos o momento difícil que o Estado do Rio atravessa, mas temos que buscar soluções para questões importantes como a segurança. Estamos dispostos a estabelecer parcerias para reverter esse quadro”, destacou a prefeita, lembrando que, no último dia 3, essas questões também foram discutidas com o comandante do 32º Batalhão de Polícia Militar, Marco Aurélio Vollmer.
O Destacamento de Policiamento Ostensivo de Barra do Furado foi fechado em janeiro de 2015 e a volta de uma base da PM tem sido cobrada pela comunidade, distante a 40 quilômetros do Centro de Quissamã, como pode ser observado durante a primeira reunião do Governo Itinerante do novo governo, realizada na última quarta-feira (11). No caso do policiamento ambiental, a necessidade está ligada ao fato de o município abrigar mais de 60% da área do Parque Nacional da Restinga de Jurubatiba, com espécies raras de fauna e flora.
O coronel Baracho agradeceu a visita da prefeita e sua comitiva e destacou a importância da troca de experiências e ideias para garantir o bem estar da população. “Ganhei o dia com essa reunião, isso dá sentido ao nosso trabalho. Nas fases mais complicadas deve prevalecer a gestão. Nada vai ficar sem resposta. Dentro de nossas possibilidades, implantaremos ações na tentativa de reprimir a violência. Nos próximos dias estarei em Quissamã com uma equipe do setor de inteligência para definirmos as primeiras medidas nesse sentido”, ponderou.
O comandante do 6º CPA lembrou ainda a importância das ocorrências para o trabalho da polícia. “Trabalhamos com mancha criminal. É preciso que as vítimas de violência façam o registro na delegacia. A base de tudo está na estatística, nos números”, alertou.

Galeria de Fotos