Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

IPMQ

Defesa Civil Municipal realiza ações no verão

Perto de completar um mês de ações preventivas em Quissamã, a Coordenadoria de Defesa Civil Municipal vem realizando parcerias com as guardas Municipal e Florestal, além da Polícia Militar, para garantir a segurança da população. O trabalho com manifestações de apoio nas redes sociais têm incentivado à estruturação do órgão e permitido a criação de diversos projetos de conscientização, que serão executados nas escolas públicas da rede. Até o momento foram controlados cerca de 10 focos de incêndio no mato devido à seca e queimadas na região, interdição de prédios que ameaçavam desabar e demarcação de faixas de areia no litoral, para garantir a tranquilidade dos banhistas.
Segundo o coordenador Marcos Alves, o fechamento de trechos na praia de João Francisco segue orientação da prefeita Fátima Pacheco e visa a proteção dos veranistas. “No primeiro momento, demarcamos dois pontos (próximos aos quiosques e casuarinas) na praia, para evitar que os veículos possam invadir a faixa de areia e provocar acidentes. Em um segundo momento, vamos iniciar campanhas preventivas nas escolas contra acidentes de trânsito e incêndios”, disse, destacando que a interdição vai se estender até o final do verão, quando poderá se tornar permanente, se a avaliação a ser feita com a população apontar a sua necessidade.
A primeira ação ganhou repercussão nas redes sociais, como Facebook. De acordo com a internauta Amanda Sales das Chagas, “hoje fomos gentilmente surpreendidos por um homem com uniforme da Defesa Civil, que orientava os banhistas sobre os riscos que corríamos com a circulação de carros na faixa de areia. Trabalho preventivo que merece a colaboração de todos”. Outro usuário de internet, Marco Rodrigues escreveu: “Parabéns ao órgão pelo ato de ouvir as pessoas e também de lhe dar a oportunidade de opinar em ações futuras”.
Alves lembrou que as parcerias com outros órgãos de segurança, como as guardas Municipal e Florestal, além da Polícia Militar são fundamentais, para execução do trabalho preventivo. “Com a estruturação da Defesa Civil, conseguimos recuperar duas motobombas e 400 metros de mangueira com capacidade para 1.500 litros de água. Até agora, não precisamos recorrer aos bombeiros de Macaé”, ressaltou.
A Defesa Civil Municipal atende chamados de ocorrências que envolvem casos de urgência e emergência através de dois telefones: 199 e 99828-5358.

Galeria de Fotos