Rua Conde de Araruama, 425 – Centro Quissamã – RJ – Cep: 28.735-000

Tempo Agora

Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

Ouvidoria e E-sic

Conselhos Escolares se reúnem para discutir demandas

Dois conselhos escolares de Quissamã se reuniram na manhã e tarde de quarta-feira (9). O primeiro, da Escola Municipal Délfica Wagner, em Barra do Furado, e o segundo da Escola Municipal Ignácio Hugo, na Penha. Os conselhos se reúnem uma vez por mês, para discutir as demandas e planejar, executar, acompanhar e avaliar o projeto político-pedagógico, Regimento Interno e os recursos recebidos. Atualmente, o município tem 14 conselhos escolares.
Eles têm sua composição renovada a cada dois anos por diretores, professores, especialistas da Educação, alunos maiores de 14 anos, pais de alunos, funcionários e representantes da comunidade. O Conselho é responsável pela gestão da escola em conjunto com a direção, gerando uma nova forma de gerenciamento nas decisões, que são compartilhadas. “Ele é um grande aliado na luta pelo fortalecimento da comunidade escolar e pela democratização nas relações da escola. A participação é condição básica para a gestão democrática”, explicou a diretora do Departamento de Projetos e Convênios, da secretaria municipal de Educação, Zenilda de Souza Tavares.
Ela acrescentou que o Conselho Escolar tem as funções Normativa, que orienta e disciplina a vida escolar através de normas, diretrizes e indicações comportamentais; Consultiva, que emite opiniões sobre problemas; Deliberativa, examina o plano de ação da escola e a credencia para colocar em prática; Mobilizadora, promove a participação integrada dos segmentos representativos da escola e da comunidade em diversas atividades e Fiscalizadora, acompanha as atividades realizadas pela comunidade escolar.
O Conselho favorece a presença da comunidade na escola e da escola na comunidade, cria espaço de reivindicações, possibilita às famílias e aos educadores trabalharem para a melhoria do atendimento escolar, além de garantir a oportunidade de aprendizagem significativa para os estudantes e estimular a participação qualificada nas discussões coletivas, entre outros.
Para o secretário municipal de Educação, Róbisson Serra, o Conselho Escolar é um dos braços da gestão da escola, já que auxilia nas tomadas de decisões tanto nas questões pedagógicas quanto nas questões financeiras. “Uma das nossas metas é fortalecer as ações dos Conselhos dentro das escolas, por entendermos que numa gestão democrática, as decisões têm que ser compartilhadas para que as metas propostas pelas unidades de ensino sejam melhores alcançadas”, disse.

Galeria de Fotos