Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

IPMQ

Com novas doses, Quissamã avança na vacinação dos idosos contra a Covid-19

A Prefeitura de Quissamã recebeu do Governo do Estado do Rio, nesta segunda-feira (1°), mais 80 doses para a campanha de vacinação contra a Covid-19. As vacinas serão utilizadas para a imunização de idosos de 85 anos e mais nos bairros do município. Nesta segunda-feira (1°), os idosos foram vacinados na Estratégia de Saúde da Família (ESF) do Centro. Na terça-feira (2), mais duas unidades vão receber a campanha: ESF Matias e Carmo. Na quarta-feira (3), será a vez da ESF de Barra do Furado e, na quinta (4), Morro Alto.
Para evitar aglomerações em um período de pandemia da Covid-19, a Secretaria de Saúde tem utilizado os dados dos idosos cadastrados nas unidades. Com isso, os agentes comunitários de saúde ligam para os idosos e agendam um horário, não sendo necessário ir à unidade antes de ser avisado pelo agente.
“Temos um cadastro atualizado que tem ajudado no planejamento da vacinação contra a Covid-19. Com isso, temos o controle de quem realmente mora no bairro e necessita da imunização, já que ainda não recebemos doses para todas as pessoas”, disse Natália Villaça, enfermeira do setor de imunização do município.
O planejamento da vacinação em Quissamã tem seguido as orientações do Plano Nacional de Imunizações. Na aplicação da segunda dose, no caso da Coronavc, produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a Sinovac, o reforço é realizado entre 14 e 28 dias após a primeira dose. Já a Oxford/AstraZeneca tem uma janela de 90 dias entre as doses. A Saúde já vacinou os idosos de 75 anos e mais em Machadinha, Santa Catarina e Caxias.
“A minha família está em paz, pois a minha avó recebeu a primeira dose da vacinação. Ela segue resguardada, se preparando para a segunda dose nas próximas semanas. Pedimos e agradecemos a Deus por este momento”, conta Frederico Azeredo, neto da dona Zilar, de 90 anos, que foi imunizada nesta segunda-feira.

Distribuição pelo Ministério da Saúde

Neste primeiro momento, o Governo Federal será responsável pela distribuição de toda a produção da CoronaVac e da Oxford/AstraZeneca. Desde o ano passado, a Prefeitura de Quissamã vem se mobilizando para a realização da vacinação na cidade. Em dezembro foi assinado um termo de entendimento com o Butantan para aquisição de 36 mil doses da vacina, porém o município ainda não recebeu um posicionamento oficial do Instituto após o Ministério da Saúde determinar a exclusividade na distribuição das doses.

Galeria de Fotos