Rua Conde de Araruama, 425 – Centro Quissamã – RJ – Cep: 28.735-000

Tempo Agora

Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

Ouvidoria e E-sic

Atletas de Quissamã competem neste domingo (9) as finais do Open Local e Aberto

O evento Quissamã Surf Classic, no sábado (08), começou com uma demonstração de como funciona a escolinha de surf na prática, que é um dos projetos da secretaria de Esporte e Juventude. Alunos e crianças não matriculadas, participaram do aquecimento, ouviram sobre os fundamentos da modalidade e ainda puderam entrar no mar.

A criançada se divertiu na aula e depois continuaram brincando na água que antecede o mar. O público presente foi bem diversificado, incluindo desde crianças de oito meses, a terceira idade, a cima dos 65 anos. Foi um sábado para a família se reunir e renovar as energias.

Em seguida, a competição começou e foi a vez das categorias Open Local, composta obrigatoriamente por atletas do município e a Open Aberto, sem idade. Os atletas que irão competir a final amanhã da Open Local são Wellington Russo, Higor, o quissamaense Rodolfo Damaceno e o Vinicius Nascimento. Já na Open, Deyvison Ferreira, Bráulio Poses, professor da escolinha de surf de Barra do Furado, Daniel Leça e Marcelo Bispo.

Marcela Oliveira, moradora de Quissamã, falou sobre a importância do evento.

“É uma excelente oportunidade de reunir a família e promover o esporte. Barra do Furado é referência no surf e fiz questão de trazer os meus filhos para apresentar a modalidade, nesse evento nacional. Estar em contato com a natureza é abraçar uma vida saudável e foi isso que vim buscar. Fiquei surpresa que os organizadores que pensaram em todos os públicos e montaram essa tenda, com espaço coberto para as crianças brincarem. Eu vim de Belo Horizonte no meio da pandemia já que a minha mãe morava aqui e por causa da praia, que eu amo e em Minas não tem”, explicou Marcela.

No próximo domingo (09), acontecerão as disputas nas categorias Master, nascidos antes de 1986, incluindo o próprio ano, Grand-Master, nascidos até 1981, Kahuna até 1976 e Grand-Kahuna, tendo o ano de 1971 como limite. Vale lembrar, para aqueles que não puderam comparecer, que o evento tem transmissão ao vivo pelo canal da FESERJ – Federação De Surf do Estado do Rio de Janeiro no Youtube, com disputas nas categorias Master.

Galeria de Fotos