Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

IPMQ

Atletas campeãs no Taekwondo são homenageadas na Prefeitura

Mesmo sendo uma cidade pequena, de pouco mais de 23 mil habitantes, Quissamã tem sido representada no alto do pódio em vários esportes e categorias nos últimos meses. E dessa vez foi no 34º Campeonato Brasileiro de Taekwondo – 2017 que aconteceu nos últimos dias 8 e 9 no ginásio Municipal Kid Jofre (Pacaembu), em São Paulo, quando três atletas conquistaram seis medalhas.
A equipe, representada pelas atletas Anderssa Lourenço, Maria Elis Marins e Myllena Magno, e treinada pelos professores Joelson Galson e Geyson Ribeiro, desta vez conquistou três medalhas de ouro, duas de prata e uma de bronze. Sendo três na luta e três no pommse – série de movimentos com técnicas de defesa e ataque padronizados para cada categoria.
As atletas, acompanhadas pela equipe técnica e familiares, foram recepcionadas pela prefeita Fátima Pacheco e servidores, no hall da Prefeitura, na manhã desta segunda-feira (11), com um café da manhã. “Sempre temos quissamaenses no alto do pódio e isso nos dá dois sinais muito importantes. Um é que em nossa cidade o esporte está no sangue, na veia e, o outro, é que precisamos investir cada vez mais. Isso porque precisamos trazer o jovem para perto, tirar da vulnerabilidade e da situação de perigo em que estão, seja aqui ou em qualquer outro lugar. E o esporte, assim como a educação e programas sociais, são os instrumentos”, destacou Fátima.
Ela falou ainda que o esporte é o meio mais atrativo, já que quando esses jovens medalhistas mostram suas conquistas nas redes sociais, conseguem fazer outros tantos se interessarem e buscarem a atividade que mais os atraem, com a intenção de também ser um campeão. E que, quando no alto do pódio, os atletas levantam a bandeira do município, estão levantando a autoestima de cada morador da cidade. Levantam uma cidade que precisa de boas notícias e bons exemplos.
Myllena Magno, 12 anos, categoria Infantil, medalha de ouro na luta – que após empate venceu por gold point, ou seja, o primeiro ponto marcado após o reinício da luta – vem colecionando títulos. “Foi muito bom o campeonato. Agora, é voltar a treinar para as próximas competições”, afirmou.
Anderssa Lourenço, da categoria Adulto, trouxe ouro no poomse e prata na luta. “Foi mais um aprendizado para mim e para as meninas, já que competimos com atletas do país inteiro, todas com ótimo nível técnico”, afirmou a faixa preta 2º Dan, que também é professora e técnica.
Já Maria Elis, atleta de 14 anos, categoria Cadete, conquistou medalha de ouro no pommse e de prata na luta, é veterana no Brasileiro, de onde também trouxe medalhas em 2016, sendo ouro em luta e prata no pommse. “Todo ano é uma nova experiência, já que sempre aparecem novos atletas e novos desafios”, concluiu.
“Sair do interior, ir competir na maior cidade da América Latina, em um evento que reuniu mais de 600 atletas de todo o Brasil e conquistar essas seis medalhas é fenomenal. O resultado foi excelente”, avaliou o mestre Joelson Galson.
Segundo o coordenador de Esporte e Juventude, Cássio Reis, isso é fruto de muito trabalho da equipe e também mérito dos professores e dedicação dos atletas. “É sempre um orgulho ter um medalhista de Quissamã e hoje, felizmente, isso vem acontecendo com frequência. Nesse final de semana tivemos as meninas com essas seis medalhas; o Deivis Rodrigues, do Jiu Jitsu, que conquistou ouro na sua categoria e prata no absoluto, no Brazilian Cup Jiu Jitsu; e o João Santos que, na Copa do Brasil de Kickboxing, em Londrina (PR), conquistou a medalha de prata, garantindo vaga para o Sul Americano, que acontece em novembro”, completou.

Galeria de Fotos