Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

IPMQ

Assistência reforma espaços para otimizar atendimento à população

A secretaria de Assistência Social está reformando os espaços físicos do Centro de Referência de Assistência Social de Barra do Furado (CRAS II) e do prédio que vai receber o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), no Sítio Quissamã. As obras estão sendo realizadas com recursos do Governo Federal, sob a supervisão do engenheiro Leonardo Siqueira, da secretaria municipal de Obras, Serviços Públicos e Urbanismo. A reforma do CRAS I, também no Sítio, em breve será licitada.
O CREAS, que hoje funciona em uma casa alugada, passará a ocupar o imóvel onde funcionava o Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI), que está sendo reformulado, com criação de recepção, salas e ainda um espaço para atendimento à população em situação de rua, com local para banho e alimentação.
Segundo Leonardo, os dois espaços estão passando por pintura, reparos nas instalações elétricas, hidrossanitárias e de telhado, modificação de locais de portas e janelas. No CREAS, o espaço, que é um galpão, está sendo adaptado para atender às necessidades do serviço, com redivisão da área, construção de banheiro para pessoas com necessidades especiais, instalação de novas janelas e construção de varanda coberta no atendimento.
“A proposta é melhorar a qualidade do atendimento, colocando tanto o técnico quanto o usuário em condições de mais amplitude, com espaços mais adequados, como preconiza o trabalho da Assistência. A intenção é que a secretaria de Obras entregue tudo já no próximo mês”, afirmou a secretária de Assistência, Tânia Magalhães. Segundo ela, só está sendo possível fazer as obras este ano porque os projetos precisaram passar por adequações e também foi necessário providenciar novos documentos para que a verba destinada às mesmas pudesse ser liberada.
Tânia falou ainda sobre a obra que será feita no CRAS I, com valor liberado por emenda parlamentar, de R$ 250 mil, para ampliação do prédio. “O processo está tramitando para que haja a licitação”, completou.
O que são – Unidades públicas com foco em pessoas em situações vulneráveis e de risco social, o CRAS busca prevenir a ocorrência de situações de riscos sociais através do desenvolvimento e monitoramento das famílias com atividades que promovam o fortalecimento dos vínculos familiares e sociais, aumentando o acesso aos direitos da cidadania, sendo orientados sobre benefícios sociais e onde podem ser inscritos no Cadastro Único para programas sociais do Governo Federal. Já o CREAS oferece apoio e orientação especializada a pessoas que já têm suas situações de risco comprovadas, ou seja, que são vítimas de violência física, psíquica e sexual, negligência, abandono, ameaça, maus-tratos e discriminações sociais. O trabalho do baseia-se em acolher vítimas de violência; acompanhar e reduzir a ocorrência de riscos, seu agravamento ou recorrência; e a desenvolver ações para diminuir o desrespeito aos direitos humanos e sociais.

Galeria de Fotos