Rua Conde de Araruama, 425 – Centro Quissamã – RJ – Cep: 28.735-000

Tempo Agora

Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

Ouvidoria e E-sic

Alunos do Berçário e da Educação Especial voltam à sala de aula

O mês de novembro começa e com mais um importante passo para a Educação do município de Quissamã. Nesta quarta-feira (3), os alunos do último segmento que faltava, retornaram às salas de aula da rede municipal: Berçários I e II e Educação Especial. Nesta última etapa do retorno às salas de aula, a prefeita Fátima Pacheco visitou o Centro Municipal de Educação Infantil – CMEI Manoel Ribeiro, juntamente com a secretária de Educação, Helena Lima, para vistoriar as unidades escolares e acompanhar o reinício das atividades presenciais. De acordo com a secretária de Educação, toda a rede está adaptada ao formato híbrido presencial, assim como os profissionais já foram inseridos numa nova rotina, para facilitar a adaptação das crianças.
Na unidade, dos 50 alunos do berçário, os pais de 41 optaram pelo sistema híbrido. Na opinião da prefeita Fátima Pacheco, a quarta-feira teve contornos especiais: “hoje é um dia para comemorar. Todos os segmentos da Educação estão em sala de aula na nossa cidade, seguindo todas as normas de segurança sanitária. Temos uma rede de ensino sólida e buscamos cada vez mais aperfeiçoar a qualidade da Educação”, frisou.
Da Educação Especial, a rede municipal conta com 120 alunos. Na Escola Municipal Professor Miguel Ângelo da Silva Santos, no bairro Porto da Ribeira, estão alocados dois professores mediadores, dois auxiliares cuidadores e professores regentes para o ensino dos 14 alunos da Educação Especial. Destes, oito retornaram no sistema híbrido presencial e os demais seguem no ensino remoto. Dentre os que retornaram está Gabriel Pessanha Gomes.
– O Gabriel tem oito anos, foi diagnosticado com TDH e Hiperatividade. No ano passado matriculamos ele aqui no Miguel Ângelo e apesar da pandemia, mesmo com as aulas suspensas, ele recebeu todo material em casa. Ele gosta dos módulos, faz as atividades. E agora, ele retorna para a escola. Ele estava bastante ansioso para esse momento, comentou a mãe, Leidiane Pessanha.
Mayna Rosa, tia-mãe de Lucas Rafael, de 10 anos, destacou o acompanhamento da escola e a evolução do menino, que estuda na unidade há alguns anos:
– A escola tem toda cumplicidade com a família. Ele é muito bem tratado, muito bem acolhido. Nessa pandemia, o Lucas passou por muitas coisas. Ele é uma criança muito ansiosa por ser autista, tem também a deficiência visual. Hoje, venho agradecer à escola. As atividades são todas feitas exclusivamente para ele. Desde o início, aqui no Miguel Ângelo, Lucas conta com pessoas que o ajudaram muito e ele tem um avanço muito grande na sua evolução. Já toma banho sozinho, e reduziu em 99,9% o uso de fralda, contou Mayna Rosa.
A exemplo dos demais segmentos, os Berçários I e II e Educação Especial retornam no modo presencial em sistema de revezamento e em meio período. A coordenadora da Educação Inclusiva, Cyntia Cristina de Brito, lembra que no período de pandemia, ainda por meio do sistema remoto, os alunos foram assistidos com atividades pedagógicas, módulos adaptados dentro da especificidade de cada aluno e receberam um kit diferenciado. “A emoção é grande por esse retorno”, frisou a coordenadora.
A retomada das aulas na rede pública de Quissamã segue o Plano de Retorno às Atividades Presenciais das Escolas Públicas Municipais. O documento foi elaborado por meio de um processo de escuta de uma Comissão com pais e servidores da Educação e tem como base pesquisas e recomendações de várias instituições como a Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz). O Plano traz orientações gerais nos campos da biossegurança, pedagógico, socioemocionais e vai servir de norte para que as escolas, tanto as municipais quanto as particulares, estaduais e federais possam se orientar sobre os protocolos essenciais.

Galeria de Fotos