Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

IPMQ

Almoço Dançante marca as comemorações dos 17 anos do Caps

A tarde desta quarta-feira (10) foi de muita alegria e descontração no Centro de Atenção Psicossocial (Caps) de Quissamã. A unidade, que completou o seu 17º aniversário, comemorou a data com um Almoço Dançante, apresentação dos assistidos e um bolo em sua sede, na Avenida Dr. Amílcar Pereira da Silva. O evento reuniu cerca de 130 usuários do Programa de Saúde Mental e seus familiares.
“Além de comemoramos os 17 anos do Caps, aproveitamos para sensibilizar às famílias que nesta data, 10 de outubro, é comemorado o Dia da Saúde Mental e o grande diferencial do evento foi a confraternização com as famílias. O objetivo de promover a integração entre os assistidos e o corpo de profissionais foi alcançado”, disse Danilo Melchiades, coordenador do Programa de Saúde Mental.
Ele acrescenta que o tema escolhido pela Organização Mundial de Saúde para marcar o Dia Internacional da Saúde Mental foi “Os jovens e a saúde mental em um mundo em transformação”. Danilo destacou que a data busca chamar atenção pública para o assunto, que ainda é um tabu na sociedade. “Neste ano, em especial, o objetivo é dar reconhecimento dos problemas mentais em adolescentes, jovens e adultos, trazendo benefícios em curto e longo prazo para eles e para a sociedade”, frisou.
Sobre os 17 anos do Caps de Quissamã, Danilo pontua que a trata-se de um importante e potente instrumento de assistência aos usuários da saúde mental do município. “Trabalhamos de acordo com as políticas públicas de saúde. Por meio da unidade, é oferecido suporte técnico profissional, não permitindo que as pessoas com transtornos mentais graves e com transtornos comportamentais decorrentes do uso de álcool e outras drogas, sejam institucionalizados em locais asilares e excludentes. Nossa maior proposta é a inclusão social”, destacou.
Entre os serviços oferecidos estão: modalidades terapêuticas, como visita domiciliar, atendimento familiar e em grupo; visita hospitalar; ações intersetoriais, ações de suporte terapêutico externo; ações com as Unidades Básicas de Saúde (UBS), ações de matriciamento e oficinas terapêuticas. A equipe é composta por médico psiquiatra, psicólogos, terapeuta ocupacional, enfermeiro e técnico de enfermagem, acompanhante terapêutico e apoio.

Galeria de Fotos