Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

IPMQ

Além do lazer: Arraiá Viver Quissamã também funciona como possibilidade de investir na economia local

Neste sábado (9), segundo e penúltimo dia de programação do “Arraiá Viver Quissamã, também foi uma ótima oportunidade para se divertir com amigos e familiares. E como de costume, não faltou música de qualidade e as já conhecidas barraquinhas de comidas e bebidas, sempre com um leque de opções.
As escolas marcam presença com as barraquinhas de doces e sobremesas, caldos, angus e salgados. Os trabalhadores locais também aproveitam para levar uma ótima culinária e diversas opções. São barraquinhas de crepe, mini pizza, pipoca, churros, batata frita, cocada, salgado, entre outros.
A realização de eventos também é uma forma de investir na economia local e regional, promovendo maior lucratividade para comerciantes. É o caso do Jean Carlos, de 38 anos, comerciante, que há 12 anos trabalha com seu trailer de churrasquinho, caldo, salgados e bebidas em eventos na cidade.
“Trabalho há 12 anos nesse ramo. Tenho um ponto fixo, e esse trailer aqui. Minha prioridade sempre é evento. A gente sempre se organiza e recebe uma orientação. Em um dia de evento chego a vender mil reais. No outro ponto, faço 300 reais em um dia bom. Tem uma diferença legal quando não tem festa”, comentou.
O trailer “Casal Raiz”, dos proprietários Marcelino Dos Santos e Alessandra Barreto, vende todo tipo de drink e bebidas em geral. O casal conta que atuam há quase 7 anos em eventos.
“Só trabalhamos em festa, não só aqui, mas em outros lugares. Estamos mais ou menos 7 anos assim. Ainda não temos interesse em ponto fixo porque não sabemos se valeria a pena como vale agora”, disse Marcelino. “Mas a nossa profissão é como um jogo, uma hora estamos ganhando, vendendo bastante, outra hora perdendo”, completou Alessandra.
Adivaldo Cabreira, 59 anos, é proprietário de um trailer de crepe e mini pizza. Conta que, apesar da vida corrida para atuar em eventos, o trabalho vale a pena.
“Quanto mais tem evento, melhor pra gente. Estou quase 30 anos nesse trabalho com meu trailer que uso só para viagem. Só aqui em Quissamã são mais de 10 anos. Vale a pena. Consigo fazer R$1,8 mil de lucro, por conta da pouca concorrência de crepe, por exemplo”, disse.
Apresentações musicais – Os arraiás de creches, Cmei e escolas iniciaram a programação. Dando continuidade às festividades, o cantor Reggis Netto colocou todo mundo pra dançar com muito sertaneja e piseiro. A banda Levanta Saia subiu ao palco para encerrar a noite com chave de ouro.
Para encerrar a programação do “Arraiá Viver Quissamã”, no domingo (10), a partir das 22h, a Banda Lamparão promete esquentar o público quissamaense com o tradicional forró pé de serra. A banda preparou um show especial que vai trazer músicas do seu repertório autoral, clássicos da música brasileira e, também, releituras de músicas do saudoso Gonzagão.

Galeria de Fotos