Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

IPMQ

Simulado de acidente reúne estudantes na Semana do Trânsito

Na Semana Nacional do Trânsito, um simulado de acidente foi realizado na tarde desta quarta-feira (19) na Avenida Barão de Vila Franca, em frente a Prefeitura de Quissamã, envolvendo um pedestre e um carro de passeio. O exercício foi organizado por alunos da Escola Municipal Professora Maria Ilka de Queirós e Almeida, do bairro de Santa Catarina, em parceria com o Grupamento de Ronda Escolar da Guarda Municipal, com apoio da secretaria de Saúde.
Na simulação, um jovem distraído atravessa a pista sem olhar, usando fones de ouvido conectados ao celular, e mesmo o motorista tendo buzinado para alertá-lo, ele não ouve e acaba sendo atropelado. O cidadão sofre escoriações múltiplas e fratura exposta na perna direita. Na sequência, chega ao local uma viatura da Guarda Municipal, que delimita e sinaliza o local, permitindo a entrada de uma ambulância, cuja equipe avalia a situação, imobiliza o acidentado e o transporta ao hospital.
“Este simulado faz parte da programação da Semana do Trânsito e atende a um pedido da equipe da Escola Maria Ilka para realizá-lo na área central da cidade, para que pudesse atingir mais pessoas, mostrando como acontece esse tipo de acidente”, explicou o guarda municipal Luis Felipe Teixeira Fidélis, que fez o “papel” do atropelado. Um novo exercício ocorrerá nesta quinta-feira (20), às 9h, na Rua Edval Barcelos, nas imediações do Ciep, em Caxias.
Segundo a professora e coordenadora do Projeto Arteris na Escola Maria Ilka, Rogéria Ferreira, são desenvolvidas atividades e projetos e, dentre esses, o ‘Cidadão consciente não sofre acidente’, que tem algumas etapas, como a Blitz Pedagógica, também desenvolvida durante a tarde nas ruas centrais, com distribuição de multa pedagógica específica para carros, motociclistas, ciclistas e pedestres.
“Fizemos esse simulado na nossa comunidade, mas os alunos queriam atingir um número maior de pessoas e, por isso, a ideia de fazermos aqui no Centro. Isso para mostrar, principalmente aos jovens, a necessidade de estar sempre atento, o que nem sempre acontece quando estão com fones de ouvido ou distraídos com o celular”, alertou Rogéria.

Galeria de Fotos